quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

felicidade



Tenho muitas manias, como qualquer pessoa, uma delas é a prática do zapping. Não tenho paciência para propagandas. Hoje, zapeando, parei no GNT e assisti parte de uma entrevista com a atriz Beatriz Segall, eterna Odete Roitman, era a reprise de um programa sobre as damas do teatro. Beatriz Segall dizia ao entrevistador que, teve um momento de êxtase, de felicidade total, em uma das apresentações do monólogo Emily. E ainda complementou dizendo que era algo raro ter essa sensação de felicidade total. Mas, especialmente naquela noite, o espetáculo estava bom, ela tinha muito prazer em fazer o papel, o público estava atento e tudo isso contribuiu para sua felicidade. Já ouvi diversos comentários a respeito da felicidade, muitas pessoas afirmam que a felicidade não existe, mas momentos felizes. Porém, a sensação de felicidade total, de êxtase, como disse Beatriz Segall, é mais raro ainda. É o ponto máximo, é estar bem em todos os sentidos, é vibrar com o momento, é transcender, é como chegar aos céus. Mas não dá para conceituar essa sensação, é uma experiência muito particular. Eu já vivi um momento de felicidade total, de uma alegria tão grande, que cheguei ao ponto de parar e falar bem alto: “como estou feliz!”. Eu estava em Praga, fazia um dia luminoso com o céu muito azul, foi em setembro de 2006. Atravessava a Ponte Carlos indo na direção de Mala Strana, e, exatamente, no meio da Ponte senti uma alegria inexplicável, uma sensação que nunca havia provado. Tudo contribuía, era prazeroso sentir o sol, ouvir as músicas, ver as obras de arte, o rio Moldávia com suas águas tranqüilas, a vista para o Castelo de Praga, enfim era um conjunto de coisas que transformaram uma simples caminhada num momento de êxtase para mim. Só de lembrar daquele dia, já fico feliz. Foi uma sensação muito boa mesmo. Acredito que cada pessoa, de alguma maneira, já tenha vivenciado essa experiência ou ainda vai vivenciar.
Será que a menina do vídeo viveu essa experiência? Eu acho que sim...




4 comentários:

  1. Jorge, pretendo ir a Praga em maio e certamente me lembrarei de vc na Ponte Carlos! alguma dica boa?
    abra¢o, Mirella Cozzi

    ResponderExcluir
  2. Mirella
    Uma primavera em Praga é maravilhosos. Vou ver se faço uns posts para vc se inspirar. Cadetral de Notre Dame diante de Tin, Castelo de Praga, Catedral de São Vito, e obrigatório assistir algum concerto ou ópera em um dos teatros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Amigo, faz logo este post, já estou indo p Paris na próxima semana = )
    Aceito mais dicas de Paris tb ! O meu hotel vc já sabe qual é = )
    abraço

    ResponderExcluir
  4. Mirella
    Só se vc tirar uma foto bem bonita na Ponte Carlos! Amanhã eu publico. Aguarde!
    Que chato hein...Paris , Praga...

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.