quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Mi Buenos Aires querido...

Hola! Estou de vuelta, depois de 4 dias na capital porteña, mi Buenos Aires querido. Incrível, acabo de perceber que só visito a cidade em anos bissextos, a primeira vez foi em 1996, depois em 2004 e agora em 2008. Se continuar assim, estarei lá em 2012, 2016... Mas é sempre bom rever Buenos Aires e passear pelas suas ruas, com ares europeus. A Av. de Mayo lembra um pouco o Boulevard Haussmann em Paris, assim como algumas ruas da Recoleta. Neste feriado a cidade foi invadida pelos brazucas, gente de todo o Brasil estava lá, do Oiapoque ao Chuí, tamanha a mistura de sotaques. Pela primeira vez voei Aerolineas Argentinas e pela primeira vez, também, tentaram abrir minha mala, tanto na ida quanto na volta. Sorte que a mala tinha segredo e os danados não foram em frente, para não caracterizar arrombamento. Mas nada disso tirou o brilho dessa viagem, que foi ótima. Fiquei hospedado no Gran Hotel de la Paix, na Rivadavia, ao lado da Av. de Mayo.
O câmbio está fazendo a alegria de brasileiros, americanos e europeus com as seguintes cotações: 1 Real = 1,70 pesos; 1 dólar = 3,12 pesos e 1 euro = 5 pesos (ah se ganhasse em Euros). Os brasileiros estão gastando muito e como compram. Havia engarrafamento de gente na Calle Florida e a Galeria Pacífico estava lotada. Mesmo já conhecendo, não resisti e entrei na Galeria Pacífico, o prédio é muito bonito e as lojas são sofisticadíssimas.

Aproveitei para comer ali mesmo, e me fartei com Bife de chorizzo e papas fritas. O sorvete mais famoso de Buenos Aires, o Freddo, agora tem um concorrente à altura, trata-se de "Abuela de Goye", uma delicatessen com coisinhas gostosas e um sorvete divino. Eu pedi um copinho e me surpreendi, pois teria direito a duas bolas de sorvete, pedi dulce de leche abuela de goye (doce de leite com amêndoas e biscoitinho crocante) e mousse de dulce de leche, não fui muito original, mas estava muito gostoso e o melhor, custou apenas 9 pesos, o equivalente a R$ 5,30. Além das lojas, há também o Centro Cultural Borges, com salas de exposição, teatro e espaço para shows e milongas. Depois das 20 horas, as ruas ainda estão cheias, mas o movimento vai caindo e aí os artistas de rua fazem a festa. Tem sempre alguém pintando quadros, fazendo artesanato e grupos dançando tango. Amanhã eu conto mais, hasta luego.

Registrei um grupo que fazia uma linda apresentação de Tango. Os espetáculos de rua são os meus preferidos.





video

2 comentários:

  1. Ahaa, então o senhor foi pra Buenos Aires??!! Adorei as fotos e tb a narrativa. Sabe, q cada vez mais tenho vontade de conhecer a Argentina! e o câmbio ajuda muuito. Poxa Jorge, se eu soubesse q vc tinha ido pra Buenos Aires ia encomendar uns chocolatinhos maravilhosos q já me trouxeram de lá. Fica pra próxima, bjs e hasta luego!!
    Cinthia Nunes

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHAHA....., Vc diz que não visito seu BLOG, mas estou por dentro de tuuuuuuuuuudo. E o melhor, acho que está ótimo. Vc escreve muito bem e nos coloca por dentro das novidades. Vai passar a fazer parte da minha agenda cultural. Mil bjsjjjjjjjjjjjj.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.