quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Milton Nascimento


12 de junho - dia dos namorados - recebi um convite irrecusável de Claude: show do Milton Nascimento no Canecão, cantando bossa nova com a participação do Jobim Trio. Programa nota 1000 para essa quinta-feira apaixonada. Em uma ótima mesa de cara para o palco, tomando nossos drinks, apreciamos "A Voz" - Milton é pura emoção - e o talento do cantor. Assim como o vinho, o tempo passa e Milton fica cada vez melhor, com sua voz aveludada, timbre único e capaz de surpreender cantando velhos hits. O show começou em tom de emoção com Daniel Jobim, de chapéu (totalmente Tom Jobim), cantando clássicos da bossa nova. Milton entra no palco a partir da terceira canção e o público vai ao delírio. Alternando bossa nova e antigos sucessos, Milton Nascimento prova porque é considerado um dos maiores cantores do país. É um verdadeiro clássico e, como vocês sabem, os clássicos são para sempre. Claude, fã de carteirinha, saiu quase sem voz do show, "é muito lindo, ele é fofo!", gritava sem parar. Claro que fomos aos bastidores para abraços, fotos e autógrafos. Milton Nascimento foi super simpático e gentil conosco. Claude estava agitadíssima, sapecou duas beijocas nas bochechas do cantor e saiu do camarim em estado de graça. Coisas da vida.



(Nos bastidores com Daniel Jobim)



(Muito prazer Milton, meu nome é Jorge)

(Claude e Jorge: tietagem total)


(Claude, Milton Nascimento e Jorge - Canecão 12/06/2008)

Entre as canções antigas que Milton Nascimento cantou neste show, estava a bela "Cais". No vídeo, Milton interpreta a canção no Festival de Jazz de Montreal. Vale a pena ver até o final.

*********************

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.