quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

II - tudo aconteceu numa tarde de outono

Bernadete estava apaixonada, era uma paixão proibida, seu amor era um homem casado. Toda vez que ouvia "Atrás da porta", na voz de Elis Regina, chorava muito. Para não sofrer mais decidiu abandonar tudo e começar uma vida nova. Mas não sabia para onde ir. Não queria pedir conselhos nem ajuda. Raspou sua poupança e foi para o Aeroporto do Galeão. Sem saber o que fazer, foi até o balcão de uma companhia aérea e disse que queria sumir. Apenas chorava e soluçava. Atrás de Bernadete, Alfredo Eugênio olhava a cena e espantado com o que via, ofereceu apoio. Bernadete abraçou Alfredo Eugênio como se fosse um velho amigo. Alfredo Eugênio era português e estava voltando para Lisboa, para resolver assuntos de família. O homem alto, magro e com bigodes negros seria o anjo da minha amiga naquela noite fria. Mais calma, depois de beber um chá, Bernadete me contou que Alfredo Eugênio foi um verdadeiro cavalheiro e lhe ouviu. Como era um desconhecido, Bernadete ficou à vontade para lhe revelar todos os seus segredos.
Eu conheci Bernadete nos tempos de escola, talvez na 7ª série. Uma moça alegre e muito bonita, morena jambo, cabelos longos e um olhar cativante. Ficamos amigos de cara, ríamos muito juntos. No segundo grau nos separamos, Bernadete optou pelo curso Normal. Mas nos encontrávamos sempre. Bernadete resolveu estudar letras, adorava Português e optou por Francês como língua estrangeira. No período da Faculdade perdemos o contato, mas um dia, por acaso nos encontramos no CCBB. Bernadete era outra, mais bonita ainda, porém o brilho dos olhos estava um pouco ofuscado. Discreta, preferiu não dar detalhes. Trocamos telefones.
Depois daquele encontro, só a vi duas ou três vezes e já não me lembro se foi em 1992 ou 1993. Depois nunca mais, como disse, telefonei, mandei cartas e telegramas e nada. Somente agora, tantos anos depois, Bernadete reaparece e a sua história é emocionante. Ter encontrado Alfredo Eugênio foi muito importante para Bernadete. Naquela tarde ela contou um importante segredo para o homem desconhecido...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.