quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

sábado, 5 de julho de 2008

Divina Elizeth

Está em cartaz no Teatro Sesc Ginástico, no Centro do Rio, o musical "Divina Elizeth" sobre a cantora Elizeth Cardoso. O espetáculo que estreou em São Paulo no primeiro semestre chegou ao Rio com algumas modificações no elenco e na direção. No palco, cinco atrizes cantoras dão voz à Elizeth Cardoso em diversas fases da vida. Sem preocupação cronológica, as canções vão sendo apresentadas de acordo com determinado momento da vida de Elizeth, seus amores, sucessos e angústias. A cenografia bem simples resume-se a pequenos palcos que deslizam, e remetem aos filmes da Atlântida. Os figurinos são bonitos e, especialmente, no final - quando é cantada a música "Barracão" - faz um conjunto agradável aos olhos.
O musical não chega a ser uma biografia da "Divina" e, provavelmente, os fãs mais ardorosos devem saber muito mais do que é mostrado no palco. Além das cinco atrizes que vivem Elizeth, o elenco conta com a participação de dois atores cantores, vivendo diversos papéis. Talvez não tenha sido uma boa idéia ter cinco atrizes fazendo o papel de Elizeth, principalmente pelas diferenças entre as intérpretes, pois o que se vê são momentos de altos e baixos e as comparações são inevitáveis. Como o espetáculo está focado apenas nas canções, não há o que dizer da atuação das atrizes, pois não há peso dramatúrgico, porém o ator que interpreta o pai e as "paixões" da cantora se destaca no meio do elenco.
O que podemos dizer de "Divina Elizeth" é que se trata de um espetáculo apenas regular, mas vale pela homenagem, embora não esteja à altura da Divina.

**********
Para matar saudades da Divina, um vídeo precioso do programa que Elizeth apresentava na TV Record nos anos 70. Neste vídeo Elizeth Cardoso e Jair Rodrigues interpretam "Guardei minha viola", acompanhados pelo conjunto Os Originais do Samba. Êta nostalgia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.