quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

terça-feira, 1 de julho de 2008

XXIV - Paris Monumental



Andar por Paris é como visitar um museu a céu aberto. Essa era a sensação de Bernadete.
Alfredo Eugênio não poderia ter escolhido melhor destino. Bernadete, fluente em francês, estava bem à vontade e Alfredo ficava encantado ao ver a mulher falando a língua de Molière com tanta desenvoltura e charme. Por onde passavam, recebiam elogios pelo francês correto que Bernadete falava e pelo aniversário de casamento, que Alfredo Eugênio não deixava passar em branco.
Bernadete sabia muito sobre a história de Paris, durante muitos anos estudou na Aliança Francesa e fez o curso superior da Faculdade de Nancy, por isso o seu olhar era diferente e apreciava cada monumento como se estive tomando um champagne. Mas ao ver a Notre Dame iluminada não conteve as lágrimas, chorou de emoção. Estava fascinada com a cidade e suas surpresas e muito mais estava por vir. Alfredo Eugênio disse que no dia seguinte deixariam Paris e iriam para um lugar encantado.


Ópera Garnier templo de óperas e ballets inesquecíveis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.