quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

terça-feira, 8 de julho de 2008

XXVII - discussão

Bernadete tentou explicar, disse que iria falar no momento oportuno, mas Alfredo Eugênio, não aceitou, disse que pensava não existir segredos entre eles, estava chateado se sentido enganado.
A discussão durou quase até a madrugada, quando Alfredo Eugênio decidiu sair do apartamento. Bernadete foi atrás do marido, mas ele saiu com o carro em alta velocidade pelas ruas do bairro Belém.
Bernadete voltou ao apartamento desolada, estava arrependida e admitia ter feito uma grande bobagem, não havia motivos para esconder que se associara à Domingas Leitão. Esta por sua vez, não deveria ter dito nada ao primo. Nunca havia brigado, ela o amava.
Por volta de 04h30 da manhã, Alfredo Eugênio, entrou em casa, havia bebido, estava magoado. Bernadete foi ao encontro do marido, chorando muito disse que sua atitude foi infantil e pediu que a perdoasse. Alfredo Eugênio a beijou e disse que nunca mais fizesse algo parecido e os dois se amaram apaixonadamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.