quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

XL - nova vida

Dois dias depois de escrever a carta que iria traçar o seu destino, Bernadete foi visitar os pais de Alfredo Eugênio, conversaram muito e Bernadete contou aos sogros o que havia planejado e sabia que podia contar com o apoio do casal. Saiu da Quinta dos Rebouças Leitão e seguiu para Lisboa onde teria uma reunião no escritório do advogado da família.
Dr Manuel Adriano era o advogado de confiança de Alfredo Eugênio, além de amigo da família. A reunião foi longa e muito cansativa, mas tudo foi acertado como Bernadete havia planejado. Dr Manuel Adriano disse que no máximo em três meses tudo estaria resolvido. Bernadete saiu do escritório e ficou andando pelas ruas de Lisboa meio sem rumo, o tempo estava nublado e em poucos minutos começaria a anoitecer. Não retornaria à Sintra iria passar a noite na casa de Domingas. Assim que chegou começaram a conversar sobre a decisão que Bernadete havia tomado. domingas estava feliz por Bernadete, mas triste por perder a sócia.
Berndete tomou a decisão de vender sua parte na sociedade, assim como todos os bens que possuía e não iria morar mais em Lisboa. Tão logo tudo fosse resolvido seria uma cidadã do mundo. Não conseguiria mais viver em Portugal, tudo lhe trazia a lembrança do seu grande amor. Mas antes precisa acertar contas com o seu passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.