quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008



Sandra Regina Santos é psicóloga, formada pela Estácio de Sá e pós-graduada em Psicologia Junguiana pela Universidade IBMR. Na próxima sexta-feira, dia 14, como já foi divulgado aqui, vai lançar o livro Jung – um caminhar pela Psicologia Analítica. Para saber um pouco sobre este projeto, “Acabou o caviar?” a convidou para um bate-papo:



JORGE FORTUNATO - Na escola da psicologia parece senso comum seguir a linha freudiana. Por que você escolheu seguir as doutrinas de Jung?

SANDRA SANTOSEscolhi estudar Jung muito antes de ser psicóloga. Meu interesse começou pelo livro: ”O homem e seus símbolos”. Observei que Jung abordava assuntos como inconsciente, mitos antigos e modernos, processo de individuação e artes plásticas. Lia isso tudo e pensava: “nossa, como ele é sensível quando se refere à natureza psíquica do homem”. Jung amplia a condição de entendimento do humano, busca nas artes, na mitologia, na alquimia e nas religiões subsídios para compreender da melhor maneira possível a alma do homem. Ele é genial! E depois de ter passado pela formação de psicóloga, como todos os estudantes, também estudei psicanálise, mas o meu jeito de ver o homem no mundo combina mais com o jeito junguiano de ver.

JF – O seu interesse pela obra de Jung resultou na publicação de Jung - um caminhar pela psicologia analítica. Como foi o processo de criação da obra?

SSTudo começou no curso de pós-graduação em psicologia junguiana da Universidade IBMR, este curso é coordenado pelo prof. Walter Boechat. Como representante da turma fui convidada pelo Reitor para organizar um grupo de estudos com o objetivo de escrever artigos sobre os conteúdos da obra de Jung. A princípio nos reuníamos na universidade, os encontros eram quinzenalmente aos sábados. Realizávamos seminários sobre os capítulos do livro Obras Completas Vol. VII e VIII. Depois de um ano novas idéias foram surgindo e decidimos transformar nossos estudos num livro. Ao todo foram quase 2 anos de pesquisa.

JF – Jung - um caminhar pela psicologia analítica, é indicado para todo tipo de público ou somente estudiosos da psicologia?

SSEste livro é indicado para quem estuda psicologia e tem interesse em conhecer sobre Jung, e, também para todas as pessoas que queiram saber um pouco mais sobre a natureza da psiquê segundo o olhar junguiano. O livro traz conceitos básicos que foram desenvolvidos por Jung em suas obras completas. Queremos mostrar um olhar sobre o homem, seu universo psíquico onde possa reconhecer sua ‘persona/sombra”, saber sobre os arquétipos, mitos e imagens arquetípica, e mais, saber que isso faz parte do desenvolvimento de sua personalidade. Conhecer o que Jung chama de processo de individuação, ou seja, conhecer-se a si mesmo - auto-conhecimento. Trazemos conteúdos que possibilita pensar e entender que viver é um processo e, melhor será viver se pudermos ter consciência de quem somos e o que fazemos de nós e do mundo.


JF – Sendo este o seu primeiro trabalho, qual a expectativa para o lançamento na próxima sexta-feira?

SSEspero que os amigos compareçam para brindar conosco esta vitória. O lançamento é um ritual de passagem, é como se fosse um “filho”, esperado e cuidado até a hora do nascimento, agora no lançamento, compartilhamos nosso “filho”, que vai para as mãos de várias “amas” – nossos amigos. O homem tem seus símbolos, este é um dos meus. Convido a todos para caminhar pela psicologia analítica através destes pequenos passos. Penso que será um bom encontro. Pessoas sensíveis vão estar lá vibrando pelo melhor. Conto com isso! Conto com você!

JF – Pode contar. Tem planos para novas publicações?

SS - Sim, já estou escrevendo e espero brevemente estar aqui, participando com você numa nova entrevista.

11 comentários:

  1. Fortunato, realmente conhecemos muito sobre Freud, pois assim sempre foi, já que ele foi mais popular. Gostei muito de saber sobre Jung, especialmente fiquei interesada em como ele trata a questão do homem, no seu universo psíquico. Muito boa a sua matéria! Beijos! Lu!

    ResponderExcluir
  2. Jorge, obrigado pelo comment sobre o Pensamento Criativo no meu blog. Sobre Jung... achei interessante a referência aos arquétipos, mitos e imagens arquetípicas, e o quanto isso pode influenciar no desenvolvimento de nossa personalidade. Show de bola a entrevista! Abçs!

    ResponderExcluir
  3. Fortunato, se você tiver um arquivo com a capa da obra Jung – um Caminhar pela Psicologia Analítica, teremos imenso prazer em publicar um post sobre o tema, em modesta comemoração ao lançamento. Parabéns à autora Sandra Regina Santos.

    ResponderExcluir
  4. Jorge, como deve ser de seu conhecimento, não detenho grandes informações sobre a ciência psicologia.Mas, faço questão de comentar sobre a elaboração deste trabalho, que classifico como uma conquista no sentido lato da palavra. Neste momento, posso até dizer que tive a honra de acompanhar de perto algumas reuniões e seções de redação, escolha de imagens e deixar enfatizado que, na minha cabeça, ficou a chancela DETERMINAÇÃO da qual esteve imbuida a nossa Sandra Regina ao longo destes dois anos e meio de trabalho. Exaustivo sim, como todo grande trabalho, porém, prazeroso, como ver o filho nascido. Parabéns para a nossa Sandra e muito obrigado a você Jorge, por este espaço para manisfestações. Sidney Ottoni.

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a entrevista, gostei muito! Parabéns! Despertou em mim por Jung, autor que conheço e li muito pouco, como a maioria dos "mortais" sempre li mais Freud. A partir de agora vou procurar ler um pouco das obras de Jung.

    ResponderExcluir
  6. Wilson Aguiar Filho13 de novembro de 2008 11:34

    Tomei contato com o pensamento de Jung em 1973, quando realizei no antigo Hospital Psiquiátrico Pedro II, no Engenho de Dentro, um Curso de Introdução a Terapia Ocupacional, ocasião em que tive a honra de conviver com a Dra. Nise da Silveira, uma das pessoas mais brilhantes que conheci. Depois, participei durante algum tempo do Grupo de Estudos sobre Jung que se reunia na casa da Dra. Nise e quando a Editora Vozes lançou a edição das Obras Completas de Jung em português, fui adquirindo toda a coleção, a qual considero (a coleção, em seu conjunto) uma das obras primas do pensamento humano. Assim, enquanto admirador de Jung, parabenizo tanto a Sandra Regina pela iniciativa, esperando que tal contribua para tornar o pensamento de Jung mais acessível para aqueles que se interessarem em conhecê-lo, bem como ao Jorge, pela entrevista. Com certeza, vou adquirir um exemplar, bem como recomendá-lo. Wilson Aguiar

    ResponderExcluir
  7. Quero agradecer e desejar sucesso à Sandra Regina, organizadora do livro de "Jung - Um Caminhar pela Psicologia Analítica" e seus autores, Ana Altiva e Luíz Fernando Furlaneto. Também vou estar prestigiando o lançamento deste esperado livro na próxima sexta feira (14/11) na Livraria Argumento/Copacabana.

    ResponderExcluir
  8. OLá Jorge!!
    Que ótima entrevista! Como disse no post do convite, sou fascinada por Jung e lamento estar viajando e não poder comparecer ao lançamento. Desde já, desejo que o livro alcance muitas pessoas e que a sensibilidade de Jung toque corações e mentes, e seguindo sua teoria da sincronicidade, que através do livro da Sandra, o vasto conhecimento legado por ele possa caminhar mais e mais estimulando o auto-conhecimento!!! Parabéns Sandra! Parabéns Jorge, excelente divulgação!!beijos

    ResponderExcluir
  9. Confesso que tenho minhas restrições quanto a algumas coisas pregadas pela psicologia.
    Tenho até uma irmã que é psicóloga.
    Mas acho que Jung é um pouco mais equilibrado do que Freud.
    Parabéns a você pela entrevista e à autora pelo livro.
    Abração!

    ResponderExcluir
  10. FORTUNATO, publiquei um post repercutindo o lançamento de YUNG Um Caminho pela Psicologia Analítica. Espero que você e as autoras gostem. Parabéns pelo trabalho de todos vocês!

    ResponderExcluir
  11. Fortunato, publicamos o post com link para o ACABOU O CAVIAR? e o seu Blog ultrapassa a fronteira do marco 25 do diHITT, posicionando-se entre os mais votados/lidos na blogosfera da lingua portuguesa, registro minhas homenagens (o Dr. Negociação dá sorte, muita sorte. Sem esquecer que na vida temos que ter muita iniciativa e ação, ter sorte e dar sorte ajuda muito também). Parabéns pelo sucesso do blog!

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.