quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

2008, um ano muito bom!

E como num estalar de dedos, 2008 chegou ao fim.
Fazendo uma rápida retrospectiva posso dizer que foi um ano muito bom e tranqüilo. A Saúde está boa, tudo controlado e no seu devido lugar. Todos os cinco sentidos funcionando plenamente. A família firme e forte. Os bons amigos de sempre e os novos amigos que chegaram. Apesar de tudo, o Rio de Janeiro continua lindo e maravilhoso. O Fluminense não caiu para segunda divisão. As meninas do Vôlei trouxeram o Ouro. Marquei presença nas feijoadas da Portela. Nasceu o “Acabou o caviar?”. Assisti muitos espetáculos teatrais e ótimos filmes. Comi muito bem e bebi melhor ainda. Voltei a malhar todos os dias.
Fiz duas viagens curtinhas, mas muito saborosas.


(Curitiba - abril)



(Buenos Aires - maio)

Trabalhei incansavelmente em dois projetos. Fiz traduções de textos dificílimos e sobrevivi. Tive meus momentos de altos, baixos e médios, mas não deixei de ser Feliz!

2000inove seja bem-vindo!!! Chegue devagar, tranqüilo. Traga boas novidades, vibrações e energias positivas. Ilumine as cabeças dos governantes, mande embora a crise financeira, as guerras e as catástrofes naturais. Dê uma trégua nas dores e que todos tenhamos cada vez mais amores!!! E façamos muitas viagens!


(Budapeste - em breve, retornarei)

(ah...Paris! À bientôt!)

Seguindo a minha tradição de final de ano, deixo para reflexão, um poema do nosso querido Carlos Drummond de Andrade.

Receita de Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.
(Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

mais selos

Mal acabei de publicar os selos recebidos em dezembro e recebi mais quatro! Todos enviados carinhosamente pela minha querida Letícia Castro do Babel.com.
Letícia, agradecemos imensamente o seu carinho e desejamos tudo de melhor para você em 2009.

domingo, 28 de dezembro de 2008

selos recebidos

Neste mês de dezembro recebemos uma chuva de selos, enviados com muito carinho pelos amigos da blogosfera. Não precisamos dizer o quanto estamos envaidecidos pelas homenagens. Só resta agradecer e mandar um beijo no coração de cada um e desejar um Feliz Ano Novo com boas idéias, muita saúde e força para correr atrás dos seus objetivos.

Muito obrigado:



Renato - Quiosque azul





Adriana - Você faz o Brasil





Giba - http://www.gibanet.com/



domingo, 21 de dezembro de 2008

parada de natal ou como voltei a ser criança

"botei meu sapatinho na janela do quintal..."
Foi ao som dessa e de outras canções natalinas que voltei a ser criança, pelo menos por uma noite.
Ontem, dia 20, foi realizada a 3ª Parada Iluminada de Natal em Copacabana - um desfile de sonhos.
O evento conta com o patrocínio da Prefeitura e de uma famosa marca de refrigerantes e atraiu muita gente à orla.
Apesar do tempo nublado a chuva deu uma trégua e assim, crianças e adultos puderam se alegrar com a passagem de um belo desfile de Natal. A produção é caprichada e as crianças ficam encantadas com as luzes e as cores, assim como os adultos que acompanharam atentamente e até saudaram o Papai Noel no seu trenó puxado pelas renas. Confesso, eu também mandei um alô para o bom velhinho.
Enfim, é uma festa família e a gente volta no tempo, nas lembranças da infância.
E neste clima natalino desejo a todos um Feliz Natal - sem dieta!, com muita paz e alegria. Vejam as imagens do desfile, que poderão ser acompanhadas na voz do Nat King Cole – The Christmas Song.




domingo, 14 de dezembro de 2008

Ó Paí, Ó!

Após 16 anos da sua primeira visita ao Rio de Janeiro, o Bando de Teatro Olodum está de volta. Criado em 1990, o Bando de Teatro Olodum é reconhecido como a companhia teatral negra mais expressiva do teatro baiano e uma das mais atuantes do país. Por sinal, foi deste grupo que saiu o ator Lázaro Ramos.

Nesta visita ao Rio o grupo trouxe quatro espetáculos para apresentar ao público carioca: Ó paí, Ó!; Cabaré da Rrrrraça; Sonho de uma noite de Verão e o infanto-juvenil Áfricas. Todas em cartaz no Teatro Villa-Lobos, no Leme.
Com algum espaço disponível na agenda de fim de ano, no último domingo, fomos assistir à "Ó Paí, Ó!", que em bom baianês quer dizer "olhe pra isso, olhe
O espetáculo estreou em 1993 em Salvador e de lá para cá segue uma linha de sucesso, seja na versão para o cinema ou na minissérie recém-exibida na TV Globo.
A peça mostra o cotidiano dos moradores de um cortiço no Centro Histórico de Salvador, com muito bom humor, deboche e crítica social. Por lá transitam as figuras típicas do Pelourinho, a baiana do acarajé, o vendedor de souvenir, entre outros.


O texto do espetáculo criado pelo diretor Márcio Meirelles a partir de improvisações do grupo, é fruto da observação atenta do modo de viver da comunidade local.
Os atores atuam, cantam e dançam com total dedicação e de forma muito homogênea. Sendo um elenco tão numeroso, não cabe aqui, citar este ou aquele desempenho.

Ó Paí, Ó!, cumpre com a função social do Teatro e isto, por si só, já é um mérito e tanto. É sempre bom ver novos rostos e ouvir outros sotaques na arena carioca.
Hoje é o último dia para conferir Ó Paí, Ó!. Na próxima semana o grupo apresenta Cabaré da Rrrrraça (16 e 17/Dez) e Sonho de uma noite de verão (19 a 21/dez). Não percam!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

vote no pão de açúcar

(Vista do Pão de Açúcar , a partir da Praia do Flamengo)

Depois das 7 maravilhas da era moderna, o site New Seven Wonders, está realizando A campanha para escolha das sete maravilhas naturais do mundo. Todos os continentes estão participando e a votação vai até o dia 07 de julho de 2009. os 21 finalistas serão conhecidos no dia 21 de julho de 2009. O Brasil está concorrendo com o Pão de Açúcar , Lençois Maranhenses, Fernando de Noronha, Chapada Diamantina , Floresta Amazônica, Cataratas do Iguaçu e Pantanal.
Ao votar o eleitor seleciona o continente e escolhe a sua maravilha. São 7 escolhas e podem ser do mesmo continente. O Brasil tem 7, então é só escolher South America e votar nas nossas maravilhas. Porém no caso de Floresta Amazônica, Cataratas e Pantanal dividiremos os louros com nuestros hermanos, mas o importante é a América do Sul brilhar.
Portanto não perca tempo clique na imagem abaixo e vote!!!