quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Museus em Amsterdam

Amsterdam tem muitos museus para serem visitados, mas para conhecê-los bem é preciso ter muito tempo. Por isso fiz a opção de visitar apenas três. Até porque é necessário um bom tempo para apreciar as obras e registrar na mente, pois fotografar dentro de museus é praticamente impossível. Alguns até permitem, desde que a fotografia seja sem flash. Porém, nos museus que visitei, a fotografia era terminantemente proibida. Enfim, guardo na memória os belos quadros que vi e as emoções que eles me causaram.

A sexta-feira, como havia sido anunciado, amanheceu fria e com o céu encoberto por nuvens. O dia estava propício para visitar museus. Não que seja um programa ruim, muito pelo contrário, mas caminhar sob chuva e sentindo frio não dá.
As entradas dos museus são muito caras e o ideal é comprar o passe "I amsterdam card" que permite entrar de graça em todos os museus, utilizar os meios de transporte e até fazer um passeio de barco com uma hora de duração. Além disso, garante vários descontos em outras atrações e restaurantes. Existem passes de 24, 48 e 72 horas. Passe comprado, lá fui eu.


Rijksmuseum

(fachada e jardins do museu)

O Rijksmuseum é famoso no mundo inteiro pela qualidade da sua coleção. Atualmente passando por obras de renovação, o museu reservou apenas 2 alas para as visitas. Isso faz parte de um grande plano de restauração que deve durar até 2013. Durante esse período o museu apresenta a exposição "The masterpieces", com quadros de pintores da chamada "Época de Ouro Holandesa". No primeiro andar o destaque é o belíssimo "Ronda da Noite" de Rembrandt. No segundo andar o destaque são os quadros de Jan Steen, Frans Hals e Vermeer. Por sinal, Johanes Vermeer é a estrela da vez. Tive muita sorte de poder ver três obras-primas desse pintor: "A leiteira", "Mulher lendo uma carta" e "Mulher segurnado uma balança", este último pertencente ao acervo da Galeria Nacioal de Arte de Washington - EUA. Fiquei de queixo caído vendo os quadros de Vermeer, o seu trabalho com a luz, a serenidade dos rostos, o movimento e as cores. Uma verdadeira obra-prima!

Rembrandt

(Ronda da noite - Rembrandt, 1640)

Obras-primas de Vermeer

(A leiteira - 1658-1660)

(Mulher lendo uma carta - 1663-1664)

(Mulher segurando uma balança - 1664)



(Na fila para entrar no Rijksmuseum - frio e depois chuva fina, mas valeu a pena)
Amanhã falo sobre a visita ao Van Gogh Museum e a Casa de Rembrandt. Não percam!

3 comentários:

  1. Que linda sua viagem e as fotos mais ainda. Aproveite. bjs

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que levou o agasalho hein? Mas o clima é assim mesmo, imprevisível....

    Me lembrei da minha primeira vez, é muita emoção!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Tem pinturas que, se olhadas de longe, parecem fotografias! É um material preciosíssimo que precisa ser sempre mostrado, principalmente para esses jovens que só vêem bobagem, salvo exceções, é lógico.

    Abraços,

    André

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.