quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Rick Baleiro, um brasileiro

Quem mora no Rio de Janeiro e anda de ônibus já está acostumado com os camelôs que vendem seus produtos aos passageiros. Às vezes, esse "vendedor" incomoda muito, principalmente quando o ônibus está cheio , mas emprego está difícil e as pessoas precisam ganhar dinheiro de alguma forma. Há pouco menos de duas semanas encontrei um desses personagens: jovem, falante e vendia uma marca conhecida de drops de diversos sabores. Simpático oferecia o seu produto e entregava uma pequena folha aos passageiros. Mesmo quem não comprava o drops ganhava a tal folha. Quando chegou a minha vez, eu disse que iria comprar, pois já havia simpatizado com o rapaz e sua maneira descontraída de falar. ele agradeceu por ter comprado o drops e pediu: "não deixe de ler, vale a pena". Eu li a mensagem e fiquei surpreso, até porque esperava algo do tipo: "estou desempregado, etc etc". Chamei o "vendedor" e pedi permissão para publicar a mensagem no blog, o que foi prontamento autorizado e que vocês poderão conferir abaixo:
"Sr Passageiro.
A 5ª (e talvez a última) mensagem do baleiro pergunta:
Lembra das propostas de seu candidato e se ele cumpriu com seus deveres? Ele foi o responsável pelas mudanças em seu bairro e/ou comunidade? E o que você fez para cobrar as promessas não realizadas?
Em breve estaremos em época eleitoral e já sabemos o que esperar. Se votarmos nesses políticos vai continuar essa situação vergonhosa que estamos, com menos esperanças para nossos filhos e netos e vendo os poderosos ficarem mais ricos. E aí, vai votar em quem? A memória é algo fundamental em nossas vidas. Sem ela, criaremos uma sociedade sem identidade e ideais.
Obrigado! Rick Baleiro, um brasileiro."
Acho que nem preciso falar mais nada.

7 comentários:

  1. Fausto
    Adorei o post e lembrei de minha irmã caçula, engenheira pós-graduada na Alemanha e que jamais dirigiu um carro por convicção! Adora andar nos ônibus cariocas e tem histórias fantásticas para contar. Até porque é a maior "gringa" com 1.80 de altura e que "joga capoeira", pode imaginar quantas vezes não foi assaltada, risos... Quando ela trabalhava com o Hans Donner no Projac, cada viagem do Leblon até lá era uma grande aventura!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Fantástico esse Rick Baleiro, ganhou também a minha simpatia. Se fizéssemos isso, com certeza, não veríamos no decorrer de cada ano, no cômputo geral, tanta m**** exalando cretinices por aí.
    Sem dúvida, ser brasileiro é complicado, principalmente porque somos um povo passivo e ensimesmado.

    Beijos, Jorge, um bom final e início de ano pra você, com muitos Ricks por aí.

    ResponderExcluir
  3. Puxa, pegou o celular dele?! Um cara como esse tem coragem para enfrentar e lutar por um mundo melhor! Eu queria ouvi-lo falar! Provalvemente ia falar com ele! Nota 10!

    Ops: vou indicar!

    ResponderExcluir
  4. Rick Baleiro tem motivos de sobra para não esquecer de quem votou. Consciência política é cada vez mais necessária. Antes demorava um pouco para escândalos aparecerem, agora são mais frequentes. Ou eles estão roubando ainda mais, ou os fatos estão ficando mais claros para a população. Infelizmente, sempre haverá corrupção, a conscientização é lenta, e político não investe em educação. Povo educado é povo consciente! E eles querem povo informado? O ignorante diz: "Rouba mas faz!", mas esquece de que se os políticos parassem de roubar, não teríamos tanta fila nos hospitais, tanta gente sem escolas e tantos na miséria. Cada povo com o político que merece.
    Beijos, Jorge, e um 2010 mais sábio para todos!

    ResponderExcluir
  5. Beth querida,
    de onde vc tirou esse Fausto????
    Bjs

    Luciana´
    A iniciativa do Rick merece aplausos. Um cara do povo, cheiod e consciência e que busca alertar os outros. Beijos

    Sissy
    Eu encontrei o Rick no 107 voltando da urca para minha casa. Quem sabe um dia ele não passa pela Gávea?
    Beijos

    Daniela
    Seria bom se os Ricks se espalhassem Brasil afora, denunciando e alertando a população. Porém, cabe a nós fazer nossa parte e divulgar a mensagem do baleiro. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Jorge querido!
    Fico muito feliz que existam pessoas como o Rick, e talvez, se essa postura ( de levar consciência) se multiplicasse, chegasse um dia, em que apenas receberíamos poesia. O Rick e você, estão de parabéns!
    Muitas saudades, beijos e até a volta!

    ResponderExcluir
  7. Meg
    O Rick foi uma grata surpresa neste final de ano.
    Saudades e um grande beijo.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.