quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Une année pas comme les autres

(Tulipas do Parc Keukenhof - Holanda - Abril/2009)

O título deste post está em Francês, mas não me perguntem o porquê. Numa tradução livre seria algo como "Um ano diferente". Foi assim que vi o ano de 2009 que vai embora hoje. Um ano que vivi emoções fortes, enfrentei desafios e, em algumas ocasiões, fui apenas espectador. Vi o ano passar e sobrevivi. Passei momentos felizes. Só posso agradecer a DEUS pela generosidade, a VIDA é o maior bem que temos. A SAÚDE está boa e como dizem "o resto, eu corri atrás" e posso dizer que valeu! Non, je ne regrette rien!

Retrospectiva rápida do mundo virtual

Entre altos e baixos, 2009 foi um ano de grandes descobertas, pelo menos no mundo virtual. Logo no início do ano comecei a planejar minha viagem e pesquisando encontrei o Conexão Paris um blog muito bem escrito e organizado pela LINA, uma simpática mineira que mora há mais de 20 anos na cidade luz e compartilha suas dicas com diversos internautas. Paris é uma cidade que sempre nos surpreende e o Blog é um show, vale muito mais que qualquer guia. Lina, não podia deixar de mencionar você. Um beijo e obrigado pelas diversas dicas. Quem quiser pode visitar o Conexão, basta clicar na foto aí debaixo.

Outra descoberta prazerosa foi o Blog da Cristina. Já conhecia o trabalho da Cristina Brasil pela televisão, desde os tempos do Programa +D do GNT. Neste ano e por mera casualidade (coisas da internet), cheguei até o site e logo em seguida descobri o Blog. Entrei na casinha da Cris e fui conhecendo tudo, vendo os vídeos e comentando os posts do Blog. E aí foi um bate-papo gostoso, troca de ideias e um pedido para ir até Madureira na Feijoada da Portela. Nos conhecemos e saímos do virtual para o Real. Cristina admiro muito o seu trabalho e a sua criatividade, acho incrível ver luz onde muitas vezes não enxergamos nada. Isso é um dom! Que você continue nos brindando com suas dicas de decoração, suas ótimas ideias e o seu maravilhoso bom humor. Isso faz toda a diferença. Visitem o Blog da Cris. É só clicar no banner.



Os Encontros


Eu já perdi a conta, talvez já passe de 12 anos que conheço a Haydée (ao meu lado) e a Inês. Elas estudaram comigo na Alliance Française. Esse grupo era maior; falta a Maria Helena e a Leila (que não está na foto, pois chegou tarde e no calor da emoção esqueci de registrá-la. Pardon Leila). Nossos encontros começaram ainda na Alliance, fazíamos uma sessão de bate-papo em francês antes da aula. Nas férias alguns encontros aconteceram na casa do nosso professeur Luís Fernando e passamos a nos reunir chez moi. Eram reuniões animadas. Depois passamos a fazer encontros em restaurantes, casas de chá, etc. Por razões alheias às nossas vontades, as conversas em francês acabaram, mas um dia retornaremos. Porém, nosso encontro de Natal acontece sempre e prometemos não quebrar este elo. É um prazer enorme estar com vocês: Leila, Inês e Haydée. C'est pour toujours, c'est pour la vie...



Outro encontro de fim de ano é o que faço com César e Márcia, um casal super simpático, que gosto muito. E tem a Renata, irmã da Márcia, que este ano não pode ir. Conheci a Márcia faz uns 8 ou 9 anos em um restaurante no Centro, onde tinha o hábito de almoçar todos os dias. O papo foi bem simples e aos poucos a amizade cresceu. Um dia a Márcia conheceu o César, casaram e estão aí felizes. E claro, César aderiu aos nossos encontros.

***********

O melhor verbo: viajar

Se pudesse eu passava o ano inteiro conjugando esse verbo, mas ainda não fiquei milionário. Todavia, aceito convites e passagens...rs

(Markt, também conhecido como Grand Place - Brugge)

Este ano foi especial, pois viajei no mês do meu aniversário e conheci cidades lindas como Amsterdan, Bruxelas, Brugge e, para variar um pouco, voltei a Paris, claro...rs

Desejo de coração para todos os meus queridos amigos, aos leitores e seguidores do Blog : PAZ, SAÚDE, HARMONIA, ALEGRIA, SORRISOS, VIAGENS, AMORES, SUCESSO, MUITA ENERGIA E ALGUM DINHEIRO para dar GARANTIA!!!

Que o ano de 2010 seja tranquilo e que possamos trilhar por caminhos inspiradores como o da foto abaixo!
Feliz Ano Novo!!!

Jorge Fortunato

(Parc Keukenhof - Holanda - Abril/2009)

domingo, 27 de dezembro de 2009

Rick Baleiro, um brasileiro

Quem mora no Rio de Janeiro e anda de ônibus já está acostumado com os camelôs que vendem seus produtos aos passageiros. Às vezes, esse "vendedor" incomoda muito, principalmente quando o ônibus está cheio , mas emprego está difícil e as pessoas precisam ganhar dinheiro de alguma forma. Há pouco menos de duas semanas encontrei um desses personagens: jovem, falante e vendia uma marca conhecida de drops de diversos sabores. Simpático oferecia o seu produto e entregava uma pequena folha aos passageiros. Mesmo quem não comprava o drops ganhava a tal folha. Quando chegou a minha vez, eu disse que iria comprar, pois já havia simpatizado com o rapaz e sua maneira descontraída de falar. ele agradeceu por ter comprado o drops e pediu: "não deixe de ler, vale a pena". Eu li a mensagem e fiquei surpreso, até porque esperava algo do tipo: "estou desempregado, etc etc". Chamei o "vendedor" e pedi permissão para publicar a mensagem no blog, o que foi prontamento autorizado e que vocês poderão conferir abaixo:
"Sr Passageiro.
A 5ª (e talvez a última) mensagem do baleiro pergunta:
Lembra das propostas de seu candidato e se ele cumpriu com seus deveres? Ele foi o responsável pelas mudanças em seu bairro e/ou comunidade? E o que você fez para cobrar as promessas não realizadas?
Em breve estaremos em época eleitoral e já sabemos o que esperar. Se votarmos nesses políticos vai continuar essa situação vergonhosa que estamos, com menos esperanças para nossos filhos e netos e vendo os poderosos ficarem mais ricos. E aí, vai votar em quem? A memória é algo fundamental em nossas vidas. Sem ela, criaremos uma sociedade sem identidade e ideais.
Obrigado! Rick Baleiro, um brasileiro."
Acho que nem preciso falar mais nada.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Então é Natal

(Minha pequena grande árvore de Natal)


Daqui a poucos dias será Natal, data bacana que gostamos de passar junto dos amigos e dos familiares. Tenho mais de 40 natais na estrada e já vi, comi e bebi de tudo nesta festa. Presenciei vexames, brigas, discussões... afinal, família reunida é como uma bomba relógio prestes a explodir. O Natal também é motivo para as pessoas fazerem grandes gastos e presentearem: CDs, camisetas, canetas, agendas, um badulaque qualquer.... Tem o amigo-oculto, aquela brincadeira chata de escritório. Todos se detestam, mas participam para manter o clima organizacional em alta. Acho muito cafona. E as festas de "confraternização"? A secretária reprimida dançando em cima da mesa, o diretor gordo dançando funk, entre outras esquisitices. Já ganhei e dei presentes lindos, fofos, generosos e outros nem tanto. Também já acreditei em Papai Noel, já fui criança... E o Natal? Sempre foi motivo de comida, bebida e farra. Posso estar errado, mas vejo que poucas famílias pensam no verdadeiro sentido da festa. Não sou religioso, mas acredito no Natal como um momento de renovação. Uma criança que nasce traz alegria para a sua família. Assim é o nascimento do Cristo. Um momento sublime de alegria, um sinal de esperança para este mundo cafona, hostil e cruel.
Eu desejo, sinceramente, que o Natal de todos seja cheio de renovação e esperança para que possamos viver num mundo melhor.
Um grande abraço a todos os amigos e leitores do Blog.
Com carinho

Jorge Fortunato

(A representação do nascimento do Cristo. Comprei numa lojinha de artesanto em Buenos Aires, fofo né?)

domingo, 13 de dezembro de 2009

Última semana

Olá pessoal. Esta é a última semana da Campanha Teatro Para Todos. Não deixem de assistir:
Hairspray - Teatro Oi Casa Grande
Zoológico de Vidro - Teatro dos 4

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Feijoada no ninho da Águia

Não é novidade, o primeiro sábado do mês é dia de feijoada no ninho da águia. A Portela abre sua quadra e recebe os fãs do samba e dessa iguaria brasileira: a feijoada, a grande estrela. Com o calor dos últimos dias e o temporal que caiu na última sexta-feira, cheguei a pensar que a chuva fosse atrapalhar a minha ida a Madureira. Eu não podia perder de jeito nenhum a última feijoada do ano, tá virando tradição. Apesar de não ser supersticioso, gosto desses rituais, nem sei o porquê, mas é assim com o gnocchi della fortuna (todo mês) , a feijoada (pelo menos duas vezes ao ano), etc e tal. E feijoada com chuva dá samba? Claro que dá. E assim, com guarda-chuva e tudo peguei o trem para Madureira e levei uma nova amiga comigo: Cristina Brasil, que fez seu début nos trens da Central do Brasil e adorou. Nos conhecemos há pouco tempo, pois temos algo em comum: nossos blogs. Cristina apresenta o Decora Brasil no GNT e tem um site e um blog, que acompanho diariamente e dou meus pitacos. Foi assim que acabou surgindo o convite para a feijoada.

Cristina optou pelo look azul para homenagear a Portela. Como de costume usei minha camiseta "uniforme-para-feijoada-da-Portela", com uma águia enorme.

Saímos da Central do Brasil no trem de 11h40 e 12h00 já estávamos em Madureira. Encontramos os portões da Escola ainda fechados. Não houve estresse, entramos num boteco muito simpático para beber uma cervejinha.


Caricatura de Lan na parede do boteco.

Hora de comer o feijão.

As tias da Portela começam a preparar a feijoada na quarta-feira e é incrível como tudo fica gostoso. O feijão é de primeiríssima, tempero na medida, carnes saborosas e a simpatia, marca portelense.

Na fila aguardando a feijoada

A mais suculenta das feijoadas do mundo do samba.


O papo rolou solto a tarde inteira e ficou mais animado com a chegada do Sandro e do Max, amigos da Cristina. Nos divertimos muito e acredito que gastamos nossos estoques de gargalhadas. Fico devendo fotos do Sandro e do Max.


Olha a Beija-Flor aí gente!

Soninha "capeta", a eterna passista da Escola de Nilópolis, chegou arrasando nesse look "sou-passista-e-sambo-muito" em cima de um saltão. Como ela faz para se equilibrar e balançar tanto? Segredos do mundo do samba...

A Feijoada de Dezembro foi um sucesso. A quadra lotada, feijão para todos e cerveja gelada. Gostei muito de ter apresentado este outro lado da vida cultural carioca para Cristina. Sei que ela adorou conhecer as pessoas e os lugares onde passamos. E toda a emoção desse dia, certamente, será relatada no seu Blog e vocês poderão conferir, passem lá!


Voltamos de trem e chegamos na Central com o anoitecer... essa imagem é quase poética, bom pelo menos eu achei... Até a próxima.