quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Kir Royal

No meu último post "Ecos do Reveillon", mencionei que adoro preparar um drink chamado Kir Royal. A Luciana do blog Afrodite para maiores, ficou curiosa, pois não conhece a bebida. Resolvi falar um pouco sobre o drink e matar a curiosidade da amiga. Lu este post fica dedicado a você, e como vou dar a receita, espero um convite para brindar contigo em Floripa
Não sei quem foi o autor desse drink, mas certamente, estava inspirado pois a combinação é perfeita. Não me lembro quando bebi pela primeira vez, mas fiquei fã e sempre peço como aperitivo antes de um jantar ou almoço. Vamos ao drink:

Kir Royal

1 dose de licor de cassis
5 doses de espumante (geladíssimo)
preparo
Numa flute coloque primeiro o licor de cassis, em seguida, incline a flute
e complete com o espumante. Et voilà!

Existe, também, e tão gostoso quanto o Royal, uma versão mais simples (?) o Kir, preparado com vinho branco no lugar do espumante.
Quando viajo sempre peço um Kir nos bares e cafés de Paris. Dependendo da região e do Café, o preço do Kir pode variar de 4 a 12 Euros. Em Rennes na Bretagne o preço cai absurdamente. Já paguei até 1,50 Euro pelo drink.. Aqui nos trópicos, podemos tomar um Kir a partir de R$ 12 e acho que um Kir Royal deve estar por volta de R$ 16. Mas o bom mesmo é preparar em casa e beber com os amigos, como no Reveillon chez Claude.

Achei essa foto de uma viagem que fiz a Paris, na primavera, junho de 2005. Estava tomando o meu Kir no Café Comédie, que fica em frente ao teatro da Comédie Française. Foi um ótimo fim de tarde.

4 comentários:

  1. Gente, que delícia!
    Adorei o post, a receita e a honra de ver atendido o meu pedido sobre a bebida.
    Obrigada, Jorge!
    Tim-tim! Que delícia!
    Nada como ter amigos assim.

    Beijos!
    Um ótimo início de semana pra você.

    ResponderExcluir
  2. Lu
    Então vamos combinar: vamos brindar juntos, um dia quem sabe, aí em floripa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. "Feito só de coisa boa, só pode ser bom!", dizia a vizinha da minha avó, D. Eloísa. Já anotei a dica. Dos drinques que conheço, o que mais peço nos bares que vou é o Piña Colada, adoro aquele gosto de côco! Beijos.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.