quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Besouro Cordão de Ouro

Esta é a última semana para conferir "Besouro Cordão de Ouro", em cartaz no Teatro SESC Tijuca. O musical estreou em 2006 e fez grande sucesso, aclamado como um dos 10 melhores espetáculos daquele ano. A peça narra a história de Manoel Henrique, mais conhecido como Besouro Mangangá ou Besouro Cordão de Ouro, exímio capoeirista. Besouro era ágil e tinha muita flexibilidade, sua trajetória de vida é marcada de "causos" e lendas. Diziam que tinha o "corpo fechado", não havendo faca ou navalha que lhe atravessasse a carne, porém esta versão é meio contraditória, uma vez que o capoeirista teria morrido vitima de uma emboscada, onde foi atacado à faca pelas costas.

O musical foi escrito por Paulo César Pinheiro, letrista de primeira categoria, cujas canções ficaram imortalizadas na voz de Clara Nunes. Pinheiro é responsável pelo texto, letras e músicas do espetáculo. Aliás, "Besouro..." foi o primeiro texto escrito por Pinheiro para o teatro. A direção é de João das Neves que criou um mundo mágico, onde os espectadores ficam mergulhados na história do início ao fim, participando ativamente. Logo no começo do espetáculo a platéia é convidada a "beber o morto", ou seja, tomar uma pinga e velar o corpo de Besouro. Esse era o costume, na Bahia dos anos 20. Como é um velório, as histórias sobre o falecido não faltam, por isso, todos são levados para uma outra sala, cujo cenário remete à uma senzala com esteiras, cestas e almofadas espalhadas pelo chão onde o público pode se sentar. Misturado ao público o elenco da peça - os amigos de Besouro. Já na primeira canção a participação é espontânea: eu não me intimidei e fiz coro em "É de Angola, É de Angola, É de Angola, É de Angola, é de Angola Camará...". E assim o espetáculo caminha, os amigos contando e cantando as histórias de valentia, os momentos vividos pelo capoeirista, suas vitórias e o seu jeito de ser. Tudo isso numa grande roda de capoeira que fascina a todos. E o público é convidado a participar. Na noite que assisti, lamentavelmente, ninguém se arriscou. Eu não tentei por motivos óbvios.

João das Neves cercou-se de um elenco primoroso, só para citar alguns dos atores temos Iléa Ferraz, Tizumba, Sérgio Pererê. Lamento não citar todos. O grupo tem atuação brilhante e a cada quadro, cada canção nos surpreendemos. Vozes afinadas, ótimas coreografias e fantástico desempenho de capoeira, fruto de muito estudo e dedicação. Além disso o elenco toca berimbau, pandeiro, atabaque e cavaquinho.
"Besouro Cordão de Ouro" merece ser gravado em DVD para que as gerações futuras tenham acesso à riqueza e a força desse espetáculo, um autêntico teatro brasileiro. Uma encenação de primeira grandeza, feita com muito carinho e com a máxima dedicação do autor, diretor e elenco.
Todos merecedores dos nossos maiores aplausos e bravos!

**************
Anote:
Onde: Teatro SESC Tijuca
Quando: Sex a Dom - 20h00
Quanto: R$ 16

6 comentários:

  1. Puxa, Jorge, olha só que coisa diferente. Parece muito interessante. Adorei essa inovação.Normalmente não é o tipo de espetáculo que estamos acostumados a ver por aí. Bela dica!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Luciana,
    Este espetáculo é surpreendente. Assiti em 2006 e 4 anos depois continua com a mesma força. Por onde passa é lotação esgotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Jorge, fiquei esperando dar MEIA NOITE.
    PARABENS!!!!!
    Voce fez falta no post do video onde tentamos descobrir as obras. Por que nao passou por la??
    Parabens, muita saude e sucesso para voce.
    Agora voce sai do inferno astral....comemore!!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, Jorge! Que você possa suprir sempre com a sua alegria e bom humor, o caviar que falta na vida de muita gente.
    Saúde, paz e amor para sua vida.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Eymard
    Amigo, você é 10! Muito obrigado pelos votos de felicidade! Abraços

    Sueli OVB
    Acho que você compreendeu muito bem o sentido desse caviar... muito obrigado pelo carinho e pelas palavras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Jorge!
    Essa peça deveria tambem fazer circuito escolar/universitário - simplesmente maravilhosa!
    Fiquei emocionadíssima em vários momentos. Alem do valor histórico que por si só faz da peça um evento imperdível, somos envolvidos na beleza e na magia da arte em sua maior expressão, com a força sensível de João das Neves e dos maravilhosos atores e músicos! E concordo com vc sobre o dvd. bjssss

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.