quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

domingo, 21 de novembro de 2010

Maria do Caritó

Depois de viver tantos dramas nas últimas novelas da Rede Globo, a atriz Lília Cabral resolveu dar um basta na tristeza e cair dentro de uma comédia. Encomendou texto com o dramaturgo Newton Moreno e chamou João Fonseca para a direção, além de amigos queridos como Fernando Neves, Leopoldo Pacheco, Silvia Poggetti e Dani Barros para acompanhá-la nesta empreitada. O resultado não poderia ser melhor. Um bom texto, divertido e com bons atores.
A história de Maria do Caritó pode até parecer absurda, mas não está longe da verdade. Maria está prestes a completar 50 anos e ainda não casou. Continua virgem e assim, faz promessas a Santo Antonio para conseguir um marido, pois não quer "ficar no Caritó". A propósito, a palavra "caritó" tem diversos significados: "prateleira, lugar onde as mulheres deixam carretel e linha, fora do alcance das crianças"; "casa pobre"; "gaiola pra prender caranguejos" e também "solteirona, a que não se casou". Eu conheço essa palavra, bem como a expressão "ficar no caritó" por conta de um baião cantado por Dolores Duran.
O problema é que Maria é considerada uma Santa, pois sobreviveu ao parto. Seu pai a prometeu a São Djalminha e toda a cidade acredita que a moça faz milagres. O pai de Maria sustenta essa fama e ganha dinheiro vendendo um elixir a base do suor da filha. Nada mais hilário. E Maria persiste na sua luta, enfrentando a tudo e todos na busca da sua alma gêmea. Se ela consegue? Isso eu não conto e você deverá ir conferir no Teatro.

João Fonseca tem sido aclamado por diversos espetáculos que dirige e não podemos fugir ao óbvio: conduz mais um com muito brilho e criatividade. O tom circense da peça é evidente desde o princípio, com os atores apresentando o espetáculo, elenco e técnicos com os nomes escritos em faixas de tecido. O clima é alegre e o riso garantido.
O elenco é muito competente. Lilia Cabral ganha a platéia com a composição dessa mulher solteirona, à beira dos 50 e à procura do amor. Os demais atores se revezam em diversos papéis. Leopoldo Pacheco, Silvia Poggetti, Dani Barros e Fernando Neves tem ótimas atuações e divertem o público. Sintonia total do elenco.
Maria do Caritó é puro entretenimento e mostra a beleza do Brasil profundo, desses cantinhos do Nordeste onde ainda resistem certas tradições e costumes. E por mais absurdo que possa parecer ainda existem muitas Marias que não querem ir para o Caritó.
****
Anote:
Onde: Teatro dos Quatro - Shopping da Gávea
Quando: Qui a Sáb: 21h30 Dom - 20h30
Quanto: de R$ 60 a R$ 80

Um comentário:

  1. Jorge,
    Aproveitando a campanha Teatro para todos, vou ver se consigo assistir. Afinal, suas dicas são sempre de extremo bom gosto. Abraços.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.