quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

A Loba de Ray-Ban


Na última sexta-feira, dia 23, fui conferir a estreia de "A Loba de Ray-ban", peça escrita por Renato Borghi e estrelada por Christiane Torloni.
Talvez vocês não saibam, mas este espetáculo fez muito sucesso há 22 anos atrás, com Christiane Torloni e Raul Cortez nos papéis principais, só que o título era o "O Lobo de Ray-ban". Renato Borghi conta que primeiramente escreveu o "Lobo", mas depois de apresentar o texto à saudosa Dina Sfat, esta disse que adoraria fazer o espetáculo - se ela fosse a Loba. Renato aceitou o desafio de reescrever a história - tarefa difícil e trabalhosa - e fazer uma versão feminina da peça. Porém quando terminou, Dina Sfat estava doente e não pode fazerm o espetáculo. Um dia, Renato mostrou o texto original do "Lobo" para Raul Cortez que imediatamente quis fazer. E foi um grande sucesso. Um tempo depois Leonardo Franco - que participou da peça - procurou Renato pensando em encenar a versão feminina. Renato concordou, desde que a protagonista fosse uma grande estrela. E assim, duas décadas depois aconteceu este reencontro mágico: autor, diretor e atores prontos para o desafio da Loba!


"A Loba de Ray-ban" é o teatro falando do teatro. Toda a ação se passa no palco de um teatro, onde uma famosa atriz, dona de uma companhia de sucesso, passa sua relação a limpo com o marido durante uma sessão de "Medéia", interrompendo o espetáculo. A discussão aumenta ainda mais com a presença de uma jovem atriz - amante da dona da companhia.
O espetáculo é muito bem cuidado, com belos cenários de Jean-Pierre Tortil e figurinos sofisticados de Fábio Namatame. A direção de José Possi Neto é segura e fluente, conduzindo muito bem os atores. A história é tensa, cheia de embates, mas sobretudo apaixonante e quente. O elenco é composto por Renato Dobal, Renata Novaes, Maria Maya, Leonardo Franco e Christiane Torloni. Dobal e Renata estão bem nas pequenas participações que fazem. Maria Maya é uma grata surpresa e convence no papel da jovem atriz. Leonardo Franco está muito bem como o marido traído e tem ótimos momentos em cena. Christiane Torloni mostra com sua Loba que está no auge de sua carreira, domina a cena do início ao fim e arrebata a platéia com uma interpretação irrepreensível. Enfim, um espetáculo memorável que vale a pena ser visto. Agora vamos esperar mais um pouco - talvez uns 10 anos - para assistir Leonardo Franco como o Lobo. Esta é a vontade do ator impressa nas páginas do programa da peça. Eu espero estar lá!



Anote:
Onde: Teatro Carlos Gomes - Praça Tiradentes
Quando: Sex e Sáb - 20hs / Dom ás 18hs
Quanto: R$ 30

domingo, 18 de julho de 2010

Fascinante Gershwin - uma revista musical

O teatro musical não seria o mesmo se não existisse George Gershwin. Compositor de talento, Gershwin nasceu no final do século XIX em New York e foi responsável por diversos musicais de sucesso da Broadway. Sem falar na ópera Porgy and Bess, encenada mundo afora, cuja ária "Summertime" foi gravada por diversos cantores em diferentes ritmos.

Agora as belas canções do compositor servem para narrar os encontros e desencontros de três rapazes que disputam o amor de uma moça que acabaram de conhecer numa festa. Esta é a história do espetáculo "Fascinante Gershwin - uma revista musical" que acaba de estrear no Teatro do Centro Cultural da Justiça Federal.

A revista é dividida em 7 blocos com as mais belas canções de Gershwin. Não há um só diálogo e todas as canções são apresentadas na versão original em inglês, claro. Porém, não é impeditivo para que o público entenda e acompanhe a narrativa. Fica no ar a pergunta: quem a moça irá escolher? O jovem tímido de óculos? O rapaz bonitão, com pinta de galã? Ou o exímio dançarino vaidoso? Isso só vendo o espetáculo para saber.

"Fascinante Gershwin" tem supervisão artística de Marília Pêra e direção de Rubens Lima Jr. Tudo no espetáculo funciona perfeita e harmonicamente bem. A cenografia é simples e adequada para o palco do teatro., onde também ficam os músicos Tony Lucchesi (piano), Thais Ferreira (Violoncelo) e Léo Flag (bateria). A direção Musical e Arranjos Vocais ficaram a cargo de Jules Vandystadt. E dando vida aos personagens, um elenco afinadíssimo formado por Sabrina Korgut, Chris Penna, Fabrício Negri e Rodrigo Cirne. O quarteto é fantástico - desculpem o trocadilho. Eles cantam, dançam e sapateiam maravilhosamente. A plateia reage com muitos aplausos durante todo o espetáculo e não é para menos. É muito gratificante sair de casa num domingo frio e assistir um espetáculo vibrante, feito com carinho e dedicação por gente talentosa e competente. Um entretenimento de altíssimo nível que faz bem para a alma e merece ser visto. Imperdível!

E para não ficar só nas palavras, assistam um dos trechos do musical, com a canção "Strike Up the Band":


Anote:

Onde: Centro Cultural Jusitça Federal - Av. Rio Branco, 241 - Centro

Quando: Sexta a domingo, às 19h. Até 05 de setembro

Quanto: R$ 25

sábado, 17 de julho de 2010

Um dia frio

Esta semana a temperatura despencou no Rio de Janeiro. amigos de outros estados mais frios e os europeus devem estar rindo de mim agora. Frio? Só 16 graus? Sorry, para um carioca acostumado com sol e temperaturas acima dos 30 isso é frio, muito frio...
E neste sábado - chuvosos e frio - acordei cedo (!) e fui ao mercado, afinal preciso comer para manter este corpo em pé.
Simplesmente gosto de coisas que engordam e comecei o dia preparando um café da manhã calórico. Para começar que tal pão de queijo quentinho?


Sou fã de pão de queijo e todo sábado e domingo eles saem do forno para a minha alegria.

Complementando a comilança acrescentei: chocolate quente e o pão doce de coco que aparece atrás do pão de queijo. Bati os olhos no pão doce no supermercado e fiquei tentado. Sabe aqueles casos que você é traído pela aparência? Aconteceu comigo. por fora bonito e até gostoso, mas a massa desse pão tava uma bomba. Vai virar uma torrada.
Depois de ler o jornal e dar um jeito na bagunça da semana, fui para a cozinha preparar o almoço - e que será também o jantar do restante da semana. Optei pelo picadinho feito com músculo, calabresa e legumes que aprendi com a Ana Maria Braga (este programa tem boas receitas e são práticas e fáceis). Além do picadinho fiz também um prato que chamo de "poulet curry ananas". Este será terminado amanhã e tem frango, curry, abacaxi e iogurte natural. Também pode ser feito com ameixa, maçã, coco e o que mais a imaginação permitir.
Eis o picadinho no fogo, borbulhando...

Para acompanhar fiz uma polenta mole e foi servido assim:

Acompanhei com um bom Cabernet Sauvignon, presente da amiga Célia Fátima. Confesso que repeti, o prato e o vinho! Por alguns instantes fiquei muito aquecido.... hora da sesta. E logo mais Intrépida Trupe.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Um pequeno vício

Estou completamente viciado em iogurte de frutas vermelhas! E não vai ter clínica de rehabilitação que cure este pequeno vício...rs Iogurtes fazem parte da minha alimentação desde sempre. Gosto de todos e provo tudo - quando viajo busco novos sabores -, mas nos últimos meses só compro iogurte de frutas vermelhas. Não sei o porquê. São vários litros por mês. E faço uma verdadeira festa: faço milkshakes, misturo com linhaça, etc. Como vocês podem ver é um vício saudável! Quem nunca provou não deve perder!

domingo, 11 de julho de 2010

Brigam Espanha e Holanda






Brigam Espanha e Holanda
Pelos direitos do mar
O mar é das gaivotas
Que nele sabem voar
O mar é das gaivotas
E de quem sabe navegar.
Brigam Espanha e Holanda
Pelos direitos do mar
Brigam Espanha e Holanda
Porque não sabem que o mar
É de quem o sabe amar.
(poema de Leila Diniz)

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Pare e pense

"as escolhas das pessoas com quem queremos nos relacionar são apenas as escolhas dos defeitos com os quais suportamos conviver"
Meg Bravo

Tudo como dantes no quartel de Abrantes

Como vocês puderam perceber, retornei ao design antigo. Tive problemas com o design novo, sem contar que as fontes eram muito grandes. Enfim, tudo como dantes no quartel de Abrantes. E espero que vocês não me abandonem...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Show de Claudia Telles na Lapa

Sábado, dia 03 de julho tem show de Claudinha Telles na Lapa. Vale a pena conferir!

Anote:

Onde: Lapinha - Av. Mem de Sá, 82

Quando: 3 de julho - Show 22h30

Quanto: R$ 30

Informações: 2507-3435

Torta Americana de Maçã

Muita gente ficou com água na boca depois que viu a foto da torta de maçã. Estava deliciosa. E como na vida o segredo está em dividir, a Ellinha que preparou esta delícia me passou a receita para divulgar aqui.


Torta Americana de Maçã

(receita do site do Programa Mais Você de Ana Maria Braga)

Convidado: Ana Maria Hoppmann, Rio Claro (SP)

Ingredientes:


4 ou 5 maçãs descascadas e cortadas em fatias; 1 xícara (chá) de uva passa sem sementes; Canela em pó- 1 xícara (chá) de farinha de trigo; 1 xícara (chá) de açúcar; 1 colher (chá) de fermento em pó; 120 g margarina derretida; 3 ovos inteiros batidos com 1 colher (chá) de açúcar.

Modo de Preparo
Numa forma redonda untada (25 cm x 4,5 cm) forre o fundo com 4 ou 5 maçãs descascadas e cortadas em fatias. Coloque sobre as fatias de maçãs 1 xícara (chá) de uva passa sem
sementes.Polvilhe canela em pó e reserve.

Numa tigela misture 1 xícara (chá) de farinha de trigo, 1 xícara (chá) de açúcar e 1 colher (chá) de fermento em pó. Coloque na forma reservada e pingue 120 g margarina derretida.Cubra com 3 ovos inteiros batidos com 1 colher (chá) de açúcar. Leve para assar em forno brando por cerca de 40 min.


Sugestão: pode-se fazer esta torta com bananas, nozes e servir com chantilly.