quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Cora Coralina - coração do Brasil

Ontem fui na abertura da exposição "Cora Coralina - coração do Brasil", em homenagem a essa poetisa goiana que encantou a todos pela sua sabedoria e simplicidade. A exposição é uma oportunidade para ver documentos raros, manuscritos, fotografias e mergulhar no universo de uma das figuras mais doces da nossa literatura.

A exposição ganhou duas grandes salas no CCBB e apresenta imensos painéis com fotos e trechos das poesias de Cora Coralina. Alguns versos são apresentados em lindos quadros bordados como o da foto acima. O design da exposição ficou a cargo de Daniela Thomas e Felipe Tassara.

Em outra sala uma instalação áudio-visual com projeções e leitura de poemas de Cora Coralina.

O público pode apreciar as imagens e reclinando um pouco a cabeça escuta a leitura do poema. Confesso que é um pouco desconfortável, apesar da beleza da obra.

Não podia deixar de cumprimentar Júlia Peregrino - Coordenadora Geral e Curadora da exposição - pelo excelente trabalho. Não tenho dúvidas que esta exposição será mais um sucesso no CCBB.

Não canso de fotografar esta cúpula!

Rosane Machado com sua mãe, Dalvinha, me acompanharam nesta homenagem à Cora Coralina.

Anote:

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil

Quando: de terça a domingo - até 13 de março de 2011

Quanto: Grátis

5 comentários:

  1. Que bela exposição! Apenas me pareceu estranha a posição da cabeça para ouvir os poemas. Coisa esquisita!
    Muito bom trambém o que, quando e quanto. Muito bom!
    Beijos
    Cristina BR

    ResponderExcluir
  2. Oi Jorge!
    Que maravilha ter o prazer de ir a uma exposição como essa, Cora Coralina toca na nossa alma com a singeleza de suas palavras traduzidas em verso. Esse versinho é lindo!

    Me inspirei em você e escrevi um post sobre um reveillon que passei em Paris. Cito seu blog.

    ResponderExcluir
  3. Cris, querida anônima...rs
    é uma exposição sensível e deanda tempo para ler os poemas e, como disse, mergulhar na obra dessa grande poetisa. Quanto à instalação, repito: é muito desconfortável mesmo. Imagina vc do alto de 1,80 de altura na cadeira minúscula?
    Beijos

    Valéria
    Vou passar agora para conferir. Se vier ao Rio, não deixe de ver a exposição.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Jorge, nao sabia que voce admira Cora Coralina. Cora escreve sobre o quotidiano. Simples. Toca na alma. Essencia humana como Manuel de Barros e Adelia. No singular, o plural. Na simplicidade e singularidade, a globalidade. Deve mesmo ter sido especial essa mostra. Gostaria de ter oportunidade de ver. Tomara que seja levada ao CCBB de Brasilia. Estarei la, certamente. Abraco, Eymard.

    ResponderExcluir
  5. Eymard
    Admiro muito a obra e apessoa Cora Coralina. Desde que assisti "Dona Doida" fiquei apaixonado. Esta exposição teve início em São Paulo no Museu da Língua Portuguesa. Não sei se irá à Brasília. Vou perguntar, caso não vá, venha ao Rio!
    Abraço

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.