quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Roma - Parte 2

Cidade Eterna
Roma estava na minha lista de cidades, mas era difícil encaixar nos roteiros que criava e assim o tempo foi passando e finalmente no ano passado optei pelo final do ano em Roma. Valeu a espera. Roma é uma cidade de personalidade forte e imponente, mas deixa o seu visitante totalmente à vontade. Não é uma cidade pretensiosa e é diferente de tudo o que já vi até hoje. Exagero? Acho que não. Visitar Roma é uma experiência única.

Il Colosseo

E para começar fui direto ao símbolo máximo de Roma: O Coliseu. Este belo monumento foi construído entre 70 e 80 d.c nos governos dos imperadores Vespasiano e Dominicano. Também conhecido como Anfiteatro Flaviano, o Coliseu foi palco de lutas entre gladiadores e até espetáculos com feras.

Assim que saí da estação do metrô fui tomado de emoção ao avistar o Coliseu. Tanta história acumulada ali diante dos meus olhos.

Impressiona ver as ruínas. Um verdadeiro mergulho no túnel do tempo.

Fiquei duas horas ou mais no Coliseu, observando os diversos detalhes que ia encontrando e, claro, não cabem neste post e não quero ser enfadonho.

O Coliseu é um dos monumentos mais visitados de Roma e foi eleito em 2007 como uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo.

Os gladiadores estão por toda parte fazendo a alegria dos turistas. Ouvi dizer que chegam a cobrar 20 Euros pelas fotos. Será verdade? Eu não quis arriscar. Essa ficou de graça...

Ao lado do Coliseu está o Arco de Constantino que data de 312 DC.

Totalmente satisfeito com a visita ao Coliseu, segui para o

Foro Romano e Palatino

Aqui está um grande sítio arqueológico. Um tesouro para o mundo, resistindo as intempéries do tempo, as ruínas da Roma Antiga. Este passeio Coliseu, Palatino e Foro Romano consome o dia inteiro, se visto com calma. Vale a pena é uma "viagem" que não tem preço.

Ao fundo a Basilica di Massenzio (três arcos)

Panorama da Cidade Antiga - ao fundo (esquerda) o Senado Romano

O Arco de Tito que marca o fim da Via Sacra

Templo de Saturno


Coluna de Focas - último monumento a ser erguido no Foro Romano

E como se não bastasse todas as maravilhas que vi, ainda pude apreciar essa exposição que estava no prédio do Senado Romano.

Fechei o dia com chave de ouro.

Se este fosse apenas o único dia em Roma já teria sido o máximo, porém muito mais me aguardava.

Dica: Com o Roma Pass você visita 2 museus ou monumentos e ganha descontos para visitar outras atrações de Roma, além de transporte gratuito por 3 dias. Custa 25 Euros. Sendo portador desse cartão você não precisa entrar em fila. Isso é uma grande vantagem.

16 comentários:

  1. Oi Jorge!
    Esse Roma Pass é realmente uma boa dica, pois fiquei muito tempo para entrar no Coliseu em uma fila enorme e vendo a falta de educação de muitos turistas, acho que eram, furando fila, horrivel!
    Não temos palavras para descrever a emoção de pisar em solo, em monumentos de tanta história. Esta exposição foi uma sorte, heim?!
    Queria ter visto...

    ResponderExcluir
  2. Valéria
    A fila estava bem grande no Coliseu e com o Roma Pass entrei sem problemas, assim como nos outros monumentos/museus que visitei. A exposição foi a cereja no bolo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Jorge,
    sempre gosto muito dos seus posts de viagem.
    As suas dicas sobre Viena foram preciosas e, não sei se influenciada ou não, fiquei com a mesma impressão q vc teve sobre a 'frieza' da cidade, mesmo tendo gostado muito de ter estado lá.
    Estive em Roma há 10 anos e vc agora está atiçando a minha vontade de voltar lá.
    Abraço grande, Mirella Cozzi

    ResponderExcluir
  4. Que Maravilha essas fotos!
    E você escreve muito bem sobre as belezas e a magnitude desta cidade milenar.
    De fato e contudo, Roma não tem pretensão. Roma tem história. E é o que basta!
    Parabéns pelo post!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Mirella
    Que bom que os posts sobre Viena te ajudaram na sua viagem. Sobre a cidade, apesar da frieza, também gosto e até pretendo voltar um dia. Porém, Roma é espetacular e merece muitas visitas. Espero que a série sobre Roma faça vc retornar à cidade eterna.
    Beijos

    Anônima
    Será a minnha anônima preferida? O estilod a escrita não me engana..rs Roma é Roma e punto e basta!!!rsrsr
    Beijos minha querida e obrigado pelos elogios!

    ResponderExcluir
  6. Jorge,
    quando visitamos o Coliseu, meu marido disse que conseguia sentir a energia pesada do lugar, fruto das lutas acontecidas séculos atrás.
    Ele não conseguiu ficar, mas eu continuei e também me emocionou.
    É um lugar que pretendo voltar na minha próxima visita a Roma.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi Adriana, de volta das férias?
    Essa sensação que o seu marido teve no Coliseu eu tenho em algumas igrejas e catedrais, principalmente na França, vai entender?
    NO Coliseu e no Foro Romano fiquei emocionado de passear, literalmente, na história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Jorge e Adriana Pessoa: primeira vez que estive em Roma senti a mesma e forte emoçao ao ver antigas civilizacoes em permanente escavacao. Nao me saia da cabeça a musica do Chico Buarque com os escafandristas no RJ. Pessoas, seculos a frente, tentando entender o que faziam naquela Maracana. Sorte é que, no Maracana, fazemos jogar bola; alegria e futebol e, no Coliseu, como disse o marido da Adriana, uma energia forte das lutas que ali se travaram.
    Nunca fui nos campos de concentraçao da Alemanha, mas amigos que ja estiveram por lá contam historias parecidas. Grande abraço e vou continuar acompanhando essa viagem.
    PS: confesso que da primeira vez que estive em Roma nao consegui dormir a primeira noite. A cidade me perturbou completamente. Passei dias para entender o que foi aquilo. Meus antepassados sao italianos. So entendi o dia em que refiz o caminho de saida dos meus avos (Salerno-Napoli-Roma-Genova-Porto de Santos-Sul de Minas). A minha historia passava por ali. Me sinto muito em casa na Italia. Em qualquer parte a Italia (sei que a Adriana Pessoa tambem adora a Italia...ainda estou esperando suas boas dicas d Toscana!!!)
    Eymard

    ResponderExcluir
  9. Eymard
    É incrível como isso acontece. Se acreditasse diria que era algo relacionado com vidas passadas. No seu caso o parentesco explica tudo. As emoções, a história da família, tudo isso mexe mesmo com nosso lado emocional. Continue acompanhando, vem mais posts...
    abraço

    ResponderExcluir
  10. Jorge,
    muito legal esse post. Amo a França, mas também por razões familiares, a Itália me causa grandes emoções.
    Roma é mesmo uma cidade que mexe com a gente.
    Abs.

    ResponderExcluir
  11. Eymard,
    trocaremos dicas da Itália, eu da Toscana, vc do Piemonte!
    Jorge, quando visitei o Mosteiro de Alcobaça, em Portugal, saí em frangalhos. Nada me emocionou mais na vida.
    Aquela história de amor entre inês de Castro e o futuro Rei de Portugal, Pedro I, e que foi assassinada a mando do pai dele,o rei D. Afonso IV,
    me fez chorar copiosamente assim que entrei no Mosteiro, onde estão os corpos dos dois.
    É uma visita que recomendo. Um lugar mágico.
    Abçs.

    ResponderExcluir
  12. Cláudia
    Essa foi minha prieira viagem a Roma e sinto que voltarie outras vezes. E da próxima, quero ir em outras cidades da Itália. Mas sempre vou dar uma passadinha em Paris...rs

    Adriana
    Já ouvi essa história. Que cosia triste não?
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Adriana, com as bençaos de Jorge Fortunato, trocaremos as dicas da Toscana e Piemonte para os amantes da Italia. abraços e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  14. Eymard e Adriana
    Já estão abençoados. Este espaço é de vocês! Quem sabe Eymard não escreve um post sobre a Toscana.
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Não, Jorge, o Eymard fala sobre o Piemonte, a Adriana fala sobre a Toscana.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.