quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Roma - parte 10

A mala chegou!!!
Nem acreditei quando o concierge informou que minha mala havia chegado. Fiquei tão contente que abracei a mala. Foi um alívio. Foram cinco dias de espera.

Era o último dia inteiro em Roma e a previsão do tempo não era boa: nublado com possibilidade de chuvas. Mas como a sorte estava do meu lado, assim que saí do Hotel vi que o dia ia ser muito bom.

O céu azul e o sol brilhando dava um ar mágico à Piazza Spagna. Desde o primeiro dia que cheguei e vi esta praça me senti num cenário de cinema.

Esta é a famosa Scalinata di Trinitá dei Monti ou Scalinata di Spagna, como alguns preferem dizer. O fato é que sempre está cheia de turistas. Esta região é cercada de lojas de grife, restaurantes e salões de chá.

Piazza del Popolo. De todas as praças que visitei, acho que esta é uma das maiores. Muito próxima ao Hotel Condotti. Esta foto eu tirei na subida indo para a Villa Borghese. Descobri por acaso que a Villa Borghese ficava logo atrás dessa praça. É uma subida leve e em 10 minutos chegamos ao grande parque que é a Villa Borghese.

Este é o maior parque de Roma. Um lugar que merece ser visitado. Além da beleza dos jardins e fontes, existem museus e ótimos restaurantes.

É um passeio para um dia inteiro e de preferência na primavera ou outono. Acho que deve ser mais agradável. Vale a pena caminhar pelo parque, visitar os museus, parar para almoço e reservar umas 4 horas para a Galeria Borghese - uma jóia. Pode parecer exagero, mas 4 horas é o tempo ideal para ver com calma e apreciar cada detalhe da belíssima coleção dessa Galeria.

A Galeria Borghese está no Top 10 de Roma e visitá-la é uma obrigação - não gosto de falar isso, mas é a pura verdade. Em 1613 Scipion Francucci escreveu "esta Galeria, parece representar o teatro do Universo, um condensado de todas as maravilhas, e o charme do olhar humano". É isso e muito mais. Já estava encantado com a Capela Sistina, os Museus Capitolino, o Palazzo Farnese, mas a Galeria Borghese foi o arrebatamento. Uma coleção de pintura fantástica com quadros das diversas escolas dos séculos XVI ao XVII, com destaques para Raphaël, Caravaggio, Ticiano, Rubens. Sem falar das esculturas de Canova e Bernini. Toda essa coleção pertenceu ao Cardeal Scipione Borghese. Como as fotos eram proibidas, o jeito foi recorrer ao google e pescar umas imagens para mostrar para vocês um pouco do que vi.

Visão parcial de uma das galerias. Ao centro está a escultura "O rapto de Perséfone" de Bernini. Esta escultura consumiu dois anos de trabalho do escultor. Os detalhes são impressionantes: a força, os músculos e até as veias podem ser vistas. Impossível não se emocionar.

Pauline Bonaparte como Vênus Vencedora, escultura de Canova. Incrível o que esses artistas faziam com o mármore. Este trabalho é de uma delicadeza ímpar. O colchão e as almofadas nem parecem de mármore.

Apolo e Dafne - esta é a escultura mais famosa de Bernini e, acredito, seja o que deu mais trabalho ao escultor. Bernini iniciou o trabalho em 1622 e só terminou em 1625. A o se aproximar da escultura entendemos o porquê. Tudo é muito delicado nesse trabalho. Ao avistar a escultura temos a impressão de que os personagens estão voando. Eu fiquei paralisado. Foi algo como ter uma visão. Não quero ser piegas ou exagerado, mas é emocionante ver um trabalho assim. Essa escultura é conhecida mundo afora e está em diversos livros de arte e vê-la ao vivo é um presente. E como se não bastassem todas as maravilhas, ainda vi uma exposição de um pintor que não conhecia, CRANACH - representante máximo da pintura renascentista alemã. Essa exposição termina no próximo domingo dia 13 de fevereiro.Que dia! Fechei a viagem com chave de ouro!

Ter visitado a Galeria Borghese foi pura sorte. Era o último dia na cidade, não havia feito reserva e resolvi arriscar. O importante era entrar independentemente do horário. E consegui comprar, mas somente para o último horário, ou seja, 17h00. Mesmo assim fiquei feliz, melhor ter duas horas para apreciar do que não entrar. Após a visita eu era um dos seres mais felizes do planeta! E se você quiser curtir um pouco a Galeria Borghese clique aqui.

9 comentários:

  1. Oi Jorge!
    Posso imaginar sua alegria recebendo sua mala, me arrepio de pensar em perder a minha!
    A Galeria Borghese foi a coroação dessa bela viagem, que maravilhosas obras de arte, a arte em seu esplendor, quanta sensibilidade, formas quase com alma, nossa, poder ver tanta beleza que pareciam tão distantes até algum tempo, é um grande privilégio. Parabéns!
    E pelo blog também, como dizem os jovens está bombando!

    ResponderExcluir
  2. Quando estive pela primeira vez em Paris a minha mala só chegou dias depois... então entendo bem a sua reaçéao de felicidade a mor com a sua malinha!!! Moro por aqui e em breve estarei visitando Roma! as suas dias são valiosas!!!
    Aqui segue meu blog, se interessar:
    http://viverplenamenteparis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Valéria
    O Blog tá bombando com os seus ótimos comentários! A Galeria Borghese foi a cereja do bolo. Eu estava preocupado em não conseguir visitar. Graças a Deus tudo deu certo!
    Abraços

    Milena
    Esta foi a primeira vez que fiquei sem mala e você sabe, a primeira vez a gente não esquece...rs
    Abraços e Boa viagem a Roma

    ResponderExcluir
  4. Fechou o passeio com chave de ouro, Jorge!
    Parabéns pelo roteiro cinematográfico!
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Rodrigo
    Obrigado! Foiuma viagem fantástica!
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Jorge, vc poderia fazer um miniguia de Roma, não? Por causa dos seus posts até já comprei 2 guias. Fica aqui a sugestão muito mal-intecionada = )))
    abração, Mirella

    ResponderExcluir
  7. Mirella
    ótima idéia...precisa só de um patrocinador. Adoraria voltar a roma e relacionar tudo. Quem sabe alguém não se anima e me patrocina...rs Aposto que vai ter casal viajando para cidade eterna...rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. A Galleria Borghese reúne as melhores obras dos dois homens que na minha opinião foram maiores gênios do Barroco: Caravaggio (na pintura) e Bernini (na escultura).
    O finado Cardeal Borghese certamente era um homem de bom gosto.

    ResponderExcluir
  9. Tatti
    A visita à Galeria Borghese é um dos melhores passeios em Roma. Mergulho profundo na beleza.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.