quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

O Castelo de Karlstejn

Minha grande preocupação antes de ir à Praga era o idioma. Claro que nos hotéis, bares e restaurantes não teria dificuldades, uma vez que falam inglês. Mas, se quisesse fazer um passeio por conta própria, ir numa cidadezinha? O jeito seria fazer pequenas excursões com guias. Mas e a graça da aventura? Deixei de lado esse medo e arrisquei ir por conta própria à Karlstejn.
O Hotel Elysée está localizado próximo a estação de trem que dá acesso à cidade. No guichê obtive as informações, comprei os tickets - muito baratos - e lá fui eu. Depois de 45 minutos chegava à Karlstejn.
Saí da pequena estação e poucos minutos depois começava a contemplar pequenas maravilhas. Como o rio da foto acima e as casas na florestas. O dia estava lindo, sol forte e calor.
E caminhando cheguei ao Centro da Cidade e logo avistei o imponente Castelo. E já deduzi que precisaria andar um pouco mais e subir a ladeira. A subida não chega a cansar e compensa pelo visual, pelas casas e simpatia dos moradores da região.
Quanto mais me aproximava do Castelo, mais ficava empolgado. Karlstejn é um Castelo Medieval do séc. XIV, comme il faut. Foi construído por ordem do Imperador Carlos IV e levou 17 anos para ficar pronto. O Castelo foi o local escolhido para a guarda do Tesouro Real, das Jóias da Coroa Imperial e das relíquias religiosas.
Não sei exatamente quanto tempo levei do Centro até chegar ao Castelo. Talvez 30 minutos ou um pouco mais. Parava muito para ficar contemplando a paisagem.
 Nos domínios de Carlos IV

O Castelo só pode ser visitado através de visita guiada. Em diferentes horários saem grupos com visitas em Tcheco e Inglês. Quem chega de excursão visita o Castelo com o próprio guia. Como fui só fiquei aguardando tranquilamente o meu grupo. São dois tipos de visita: Circuito 1 - Tour Geral do Castelo; Circuito 2: Visita da Capela e das Jóias. Cada Circuito tem o seu preço. Na época paguei KC 220 para o Circuito 1 e KC 300 para o Circuito 2, algo em torno de 21 Euros a visita completa. 

Capela do Castelo
Uma das vantagens de ir por conta própria é o fato de poder fazer a visita completa. Geralmente os grupos que chegam em excursão fazem apenas o Circuito 1. Observei isso porque enquanto aguardava, dois grupos entraram e saíram 20 minutos depois.

As fotos são proibidas, mas ninguém resiste ao "jeitinho brasileiro" e consegui fazer algumas fotos. Apesar de o Castelo ter sofrido uma restauração no século XIX, a guia jurou que os afrescos eram originais e nunca foram restaurados...
Foi um passeio além das expectativas. Conheci tudo com a devida calma, sem pressa e fiquei o tempo que quis na Cidade.

Depois da visita ao Castelo parei para almoçar num restaurante simpático, com mesas na varanda. Cerveja gelada - a ótima Krusovice  - e mais um Goulash!

 Uma das palavras que mais falava em tcheco: Pivo (cerveja)
Fiquei viciado em Goulash

2 comentários:

  1. Oi Jorge!
    Não tenho esta coragem! Teria que ir em grupos, somos muito inseguros, o marido e eu, tímidos os dois.Só me sinto à vontade na França e olhe lá. O saldo para quem vai como você é super positivo. Paisagens lindas e a chance de descobrir estes tesouros. O castelo e a capela são de uma riqueza impar! Abs

    ResponderExcluir
  2. Valéria
    Eu gosto desses pequenos desafios...claro que já entrei em algumas roubadas, mas a maioria das vezes tive boas surpresas. Mas ir á Karlstejn é tranquilo. Acho que agora deve ser até mais fácil, tem muitos turistas descobrindo Praga e os arredores. Karlstejn está para Praga assim como Versailles para Paris.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.