quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Pisco Sour

O voo do Rio de Janeiro para Lima tem duração aproximada de cinco horas, sem escalas. Saí do Rio no dia 21 de abril às 06h11 e cheguei em Lima por volta de 09h25 (hora local, há diferença de duas horas). Voei de TACA Airlines e gostei dos serviços. As surpresas em Lima começam no Aeroporto, muito superior ao nosso Tom Jobim. Pena que não consegui fazer fotos na chegada. Saí logo e vi o motorista segurando uma plaquinha com meu nome. Fazia um pouco de calor e o tempo estava nublado. O Aeroporto Internacional Jorge Chávez, na verdade fica em Callao, município próximo à Lima. Dali até o Hotel levaria uns 35 minutos. O motorista, muito simpático, era falante e no meu "portunhol" fui conversando com ele e conhecendo a cidade e  falando um pouco do Brasil, do Rio.... 
Fiquei hospedado no Nobility um hotel quatro estrelas muito confortável no Bairro de Miraflores. Só lamentei que estava um pouco afastado do "agito geral". Miraflores é um bairro fantástico em Lima, algo como Ipanema aqui no Rio, mas o hotel ficava um pouco afastado do centro do bairro. Porém, nada complicado pegando um táxi ou até mesmo ônibus - menos de 5 minutos. A pé dava uns 20 minutos.
Foto parcial do saguão do Hotel
Como havia chegado cedo e o quarto ainda não estava preparado, aproveitei para tomar o drink de boas vindas do Hotel:  Pisco Sour - o drink número 1 do Peru. Aí não hesitei, com a máquina em punho comecei a registrar as etapas da preparação da bebida, tudo explicado pela simpática barwoman.

Existe uma briga entre Peru e Chile sobre a criação desse drink que é feito de maneira distinta em cada país. O Pisco, para quem não sabe,  é uma aguardente de uva branca produzida no Peru. Tem um sabor agradável e forte. E como o Pisco é produzido no Peru, logo o Pisco Sour é peruano e ponto final!
Vamos a receita: duas doses de pisco
1 dose de xarope de açúcar (pode ser substituído por açúcar)
2 doses de suco de limão e ... uma clara de ovo! (isso mesmo!)
Gelo
Bata na Coqueteleira por uns 20 segundos
Coe e ...
... finalize com duas gotas de Angostura (ou canela)
Et voilà! Pisco Sour! Arriba y adentro!!!

Essa foi a melhor chegada em Hotel que já tive.
%%%%%%%
Acho que não expliquei direito e, relendo o post anterior, dá a entender que estive em Cuzco e Machu Pichu, mas só fiquei em Lima. Eram apenas quatro dias e não gosto de fazer nada correndo. Só fiquei em Lima.

4 comentários:

  1. Tomei pisco no Chile e adorei e agora dps da explicação...com certeza não tomarei em Lima. Clara de ovo? Crua? Não dá! Será que lá, no Chile, tb tem a clara? Como vc disse que são diferentes ... espero que não...

    ResponderExcluir
  2. Oi Jorge!
    Já tomei em Santiago o pisco e era preparado com pouca diferença, pelo menos este toque final não havia, mas é muiiito gostoso. Meu marido pediu em todos os lugares.rsrs
    Eu percebi que você só esteve em Lima até mesmo porque 4 dias não dá para ir para Machu Picchu. Hotel muito bom este que você ficou!
    Estou aguardando os outros posts!
    Abração

    ResponderExcluir
  3. Jorge,
    parece gostoso, mas...
    e o ovo:não fica o gosto?

    ResponderExcluir
  4. Kátia
    Eu fiquei muito preocupado com a clara do ovo, mas ela desaparece é incrível. Fica aquela espuma e vc não sente nem o cheiro...

    Valéria
    O Pisco Sour é muito gostoso mesmo. Quantoa o Hotel , era ótimo mas um pouquinho afastado dos restaurantes.

    Adriana
    Como disse para Kátia, a gente nãos ente o gosto da clara. some e vc fica só com o sabor do limão.

    Beijos a todas!

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.