quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Louise Bourgeois - o retorno do desejo proibido


No último sábado (24/09) fui conferir a exposição com obras da artista plástica Louise Bourgeois. Confesso que é um trabalho não muito fácil de ser digerido, pelo menos para mim.  O trabalho da artista está relacionado com a teoria e a prática psicanalíticas fazendo uma conexão entre o processo criativo e sua função catártica. Louise via a arte como uma "forma de psicanálise" e acreditava, por seu intermédio, ter acesso direto ao inconsciente. Arte para Louise era uma forma de aliviar as tensões e agressões e ao mesmo tempo, como gostava de dizer "A arte é uma garantia de sanidade"


Andando pela exposição e observando os trabalhos entendi que Louise passou a vida inteira tentando livrar-se de algum trauma relacionado à sua família. Há muita dor em tudo e alguns trabalhos preferi não fotografar.





Esta instalação foi a obra que mais me chamou a atenção, chama-se "A destruição do pai" - é um forno com pedras incandescentes que estão assando pedaços de carne. É aquele caso onde uma imagem fala mais que mil palavras.

A Spider


Representação da Família, segundo Bourgeois

Louise Bourgeois morreu aos 99 anos de idade no início de 2010, mas deixou um trabalho de grande importância para os estudiosos da Arte, razão do seu viver.

*****
Anote:
Onde: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
Quando: ter a sex (12 às 18 hs) sab, dom e feriados (12 às 19hs) até 13 de novembro
Quanto: R$ 8

3 comentários:

  1. Jorge, esta artista plastica tinha uma linha de apresentação bem marcante. Traços de uma vida que talvez, como vc mesmo entendeu, triste ou dura. Pense, na idade em que ela morreu, passou por guerras e os pós delas.


    Querido Jorge, não podia esquecer logo de voce neste meu post.... indiquei seu nome e blog.... e só de lembrar eu fico rindo!

    - Sissi, Imperatriz da Austria!


    http://blogzoomideiasdafadasemfim.blogspot.com/2011/10/chamando-sissi-nobre-calling-sissi.html


    BEIJOS mil,


    Sissy Mascarenhas

    ResponderExcluir
  2. Oi Jorge!
    É uma trajetória de vida muito rica e marcada por eventos que certamente estão inseridos na sua obra. Afinal a inspiração vem de dentro e carrega na sua forma a vivência de cada um.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Valéria
    É isso mesmo! E Louise usava a Arte como uma grande terapia.
    Abraços

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.