quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Pipoca doce

Sempre que vou ao cinema ou teatro vejo as pessoas carregando seus saquinhos ou baldes cheios de pipoca. Confesso que gosto de pipoca, mas dificilmente como nesses ambientes. Aliás, acho complicado comer pipoca na rua. Primeiro porque é feita na rua, ao ar livre, com fumaça, poeira  e tudo o mais que puder contaminar. Segundo porque é impossível estar com as mãos limpas, pois antes de começar a comer pegamos no dinheiro para pagar ao pipoqueiro ou ao caixa da lanchonete do cinema. Até hoje nunca vi ninguém lavar as mãos antes de comer essa gostosura. Enfim, por que todo esse blá-blá-blá? É que no último sábado, antes de assistir a um filme devorei um saco de pipoca doce cheio de leite condensado e com as mãos sujas! Estava delicioso e vieram tantas lembranças à mente. Saudades de uma época em que não tinha tantas preocupações. Que estava com a mão suja de terra ou areia e limpava as mãos na roupa e saía feliz com meu saquinho de pipoca. Um tempo que não pode voltar mais. Depois que cresci, fiquei racional demais e até a simples pipoca, esse pequeno prazer, deixei de lado porque suja a mão, porque isso porque aquilo, etc. Continuo criticando quem come pipoca dentro das salas de projeção, não gosto do barulho. Acho um caos. Ao final da sessão tudo está imundo...pipoca pelo chão ou os horrorosos baldes. Mas é um hábito antigo: cinema, pipoca e guaraná. No sábado, deliciando-me e com as mãos lambuzadas, parei um pouco e pensei: às favas com tudo isso! É bom demais!
******
E esse papo pipoca é uma introdução para os próximos posts sobre peças, filmes e exposições que assisti nas últimas semanas. Até quarta-feira!

9 comentários:

  1. Fortunato
    Uma vez (ano passado) fiz, no meu Blog, uma matéria sobre se comer pipoca no cinema. Algo irritante demais para "seu vizinho" naquele silêncio exigido no local e ouvir-se alguém mastigando. Que barbaridade.

    Descobri nessa pesquisa para fazer o texto que na Inglaterra um homem matou seu colega de espetáculo por não suportar o barulho que este fazia ao comer pipoca.

    Claro que isso é um extremo, mas te confesso que também mepassou uma revolta por aquela pessoa que comia ao meu lado me tirando a concentração no filme.

    De outro lado,tens razão em dizer:
    -às favas toda nossa racionalidade e espírito conservador! rsrs

    Fiquemos, portanto, com o bom senso ou seja ora pipoca salgada ora pipoca doce.

    Adorei.

    beijos, Maria Marçal - Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  2. Jorge,
    na minha ida ao Rio sempre que passava em frente a um teatro - no caso, 2 - o Teatro Municipal e a Casa de Cultura Laura Alvim,me lembrei de vc!
    Como é lindo o Teatro Municipal!
    Aliás, o centro do Rio é muito bonito. Almoçei na Colombo e quando saí de lá, por um momento, pensei estar em Lisboa.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Você tem toda razão! Suja!
    Mas como é delicioso!!!!
    Cinema sem pipoca é muito chato!
    Eu prefiro a salgada.
    E gosto de comer antes de começar o filme para evitar barulho.
    Quanto às outras preocupações de higiene,desde que o vendedor não a manuseie com as mãos...
    A minha contaminação tudo bem...RSRS
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Jorge!
    Se formos avaliar por este ângulo vc tem toda razão, mas que é gostoso comer uma pipoquinha lambuzando as mãos bem que é viu. Meu marido só come com um guardanapo de lado.rsss
    Que venham as rezenhas.rsss
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Maria
    Fiqeui espantado com essa história que aconteceu na Inglaterra! Já pensou se isso vira moda? Acontecerão assassinatos em série pelo Brasil afora...rs Mas, falando sério, o barulho incomoda mesmo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Adriana
    O Theatro Municipal é o que temos de mais lindo aqui no Rio. Sempre que vou ao Theatro gosto de ficar na varanda do Balcão Nobre olhando a Cinelândio e o belo conjunto formado pelo Museu de Belas Artes, a Biblioteca e o Palácio Pedro Ernesto. Pena que no meio disso tudo tem uns prédios horrorosos de concreto e vidro...
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Adriana
    O Theatro Municipal é o que temos de mais lindo aqui no Rio. Sempre que vou ao Theatro gosto de ficar na varanda do Balcão Nobre olhando a Cinelândio e o belo conjunto formado pelo Museu de Belas Artes, a Biblioteca e o Palácio Pedro Ernesto. Pena que no meio disso tudo tem uns prédios horrorosos de concreto e vidro...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Tânia
    Eu sempre como algo antes de ver um filme...é impossível não comprar nem que seja uma bala. Mas durante a projeção sou muito chato, odeio qualquer barulho, principalmente aquele das tentativas de abertura de saquinhos de amendoins...rs No mais, com amão limpa ou suja uma pipoca vai bem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Valéria
    Tem coisas na vida que não tem jeito mesmo. É para viver e aproveitar...
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.