quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

domingo, 27 de maio de 2012

Lucca, a romântica

Quando programei a minha viagem, só tinha na cabeça o roteiro: Roma/Firenze/Veneza/Paris. Mas, fazendo minhas pesquisas e consultando o Blog Tô indo para a Itália, vi que poderia fazer uns passeios por cidades próximas à Firenze e Veneza. Não sabia exatamente quais visitar e nem quando. Em viagem tudo pode acontecer e os planos mudam rapidamente. Por fim, escolhi Lucca, Pisa, San Gimignano e Siena. O Blog sugeria passar primeiro em Pisa e depois seguir para Lucca. Mas, eu inverti o roteiro, até porque nao estava muito a fim de conhecer Pisa. E fiquei com receio de chegar em Pisa encontrar muita fila para subir na Torre e perder muito tempo. E como não madruguei, já estava um pouco tarde. Saí do Hotel por volta de 08h30. Da Piazza Signoria até a Estação de Santa Maria Novella, não levei nem 15 minutos a pé.
No painel o destino é Viareggio. Isso confunde né? Você fica procurando Lucca no painel e acha que está acontecendo algo errado. O jeito é perguntar. Uma boa dica do Blog Tô indo para a Itália, foi comprar o ticket em tabacaria, é uma diferença pequena em relação ao comprado na bilheteria oficial da Trenitalia e nada de perder tempo em filas.  Dentro da estação tem uns quiosques que vendem cigarros, jornais,  e tickets de trem.

 Só não podia esquecer de convalidare il biglietto

E segui na minha primeira viagem em trem regional. Detalhe: não sai na hora, atrasa um pouquinho...

... mas é bem confortável. Levei a Viaje Mais - Especial Itália. E com base na leitura passei um dia incrível em Lucca. Repito: essa revista vale mais do que um Guia pesadão.
E uma hora depois chegava em Lucca. O ponto de interesse de Lucca e o que todos visitam é o seu Centro Histórico. Todo murado, parecendo uma fortaleza.

Vendo essa trilha, fiquei tentando a caminhar e dar a volta na muralha. Mas preferi me perder pelas ruelas da cidade.

Basta caminhar 5 minutos e você sente um clima romântico no ar. Tudo tão calmo e tranquilo. Talvez fosse o dia: segunda-feira. O comércio devia abrir mais tarde e havia poucos, pouquíssimos turistas. E isso eu achei maravilhoso. Poder andar sem ver lotes de pessoas nas ruas.
Uma das coisas que mais queria fazer em Lucca era conhecer a Casa de Puccini. Meu compositor preferido, autor de La Bohème, Tosca, Madama Butterfly, Turandot entre tantas. Assim que vi esse cartaz perguntei onde ficava a Casa e fui logo visitar.

A casa onde nasceu e cresceu Puccini.  São apenas dois andares para visitar e 12 salas, onde estão expostas partituras, fotos, objetos pessoais, programas das óperas, cartazes, desenhos dos figurinos,etc. Lamentei não poder fotografar o interior da casa, mas regra é regra.  Cheguei a pedir para fotografar a sala onde está exposto o suntuoso figurino de Turandot  usado pelo soprano Maria Jeritza  no Metropolitan Opera House de New York em 1926, mas não deixaram. Ao menso na foto abaixo, vocês podem ter uma idéia do figurino. A capa é toda bordada de pedras. Não sei como a cantora se equilibrava, pois devia pesar muito,

Em 1988 quando assisti La Bohème nem passava pela cabeça que um dia iria estar na casa do Maestro Puccini. Foi uma visita emocionante.

E aqui Puccini descansa tranquilo na Piazza Cittadela, ao lado da sua Casa Natale.

 Teatro Giglio, palco para apresentação das óperas de Puccini.

E seguindo a orientação da Viaje Mais, fui ver Lucca do Alto. Observem essa foto, vejam ao fundo uma torre com árvores no alto. é A Torre dei Guinici. Não é muito alta, apenas 41 metros e 230 degraus. E as árvores que eu avistei de longe, são oliveiras. Esse é o diferencial dessa bela Torre Medieval.
E vamos subir muitas escadas. Não é  cansativo, mas não olhe para baixo. Eu ainda sinto vertigem só de imaginar...rs

E na subida alguns quadros estão expostos. Aí você para um pouco, contempla, descansa e continua.
E lá do alto a maravilha medieval para ser contemplada.


Esse conjunto de prédios amarelos da foto acima  estão na Piazza del Mercato, que é uma das mais bonitas da cidade. A praça tem o formato ovalado, como um anfiteatro romano. Mesmo do alto da Torre não é possível ter essa ideia. Só mesmo sobrevoando. Para vocês terem uma ideia, publico a foto abaixo (originalmente publicada em  http://www.traveltier.com/places-of-interest/lucca-one-of-italys-top-small-cities/ ):

Só mesmo sobreovoando para ter essa visão.

E nessa foto a praça ao fundo e eu mega feliz, contemplando a cidade. Fiquei uns 40 minutos no alto da Torre. Descansando da subida, contemplando a cidade e fazendo milhões de fotos. O curioso é que muita gente chegava, batia 3 ou quatro fotos e descia. Não consigo entender, subir aquilo tudo e nem ficar 5 minutos! Eu adoro viajar dentro da viagem.

E essas oliveiras centenárias  faz a gente pensar que está no paraíso.
I gatti di Lucca - hora da sesta. Que folgados!

Passei pela Piazza del Mercato para conferir o clima do lugar. Muito interessante. Mas estavam montando um palco no meio da Praça e os ângulos para fotos ficaram prejudicados...

Basilica di San Frediano
E quando vi já passava das três da tarde. Por sorte, encontrei um restaurante na Piazza San Salvatore. Almocei uma boa lasagna bolonhesa. E fiquei contemplando a pequena praça e esperando a chuva passar. A previsão era de chuva na parte da tarde. Mas logo parou e o sol - ainda fraco - apareceu.

Depois do almoço tardio, fiquei andando livremente pelo Centro Histórico

Eu estava bem satisfeito com a visita, e como tinha um tempinho livre decidi ir para...

22 comentários:

  1. Mais um maravilhoso dia, Jorge, e sua foto no alto da Torre dei Guinici não deixa qualquer dúvida sobre a sua mega felicidade.
    Adoro ver as cidades de cima, mas já não tenho o mesmo fôlego de 10 anos atrás. Nossa última aventura foi na Torre dos Clérigos, que tem 75 metros de altura e nos presenteia com uma vista maravilhosa do Porto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sueli
      Eue stava muito feliz mesmo, acho que devido à emoção de entrar na Casa de Puccini. Essa Torre não foidas mais difíceis. E a vista sempre compensa.
      Beijos

      Excluir
  2. Jorge
    Mas bela e sensível idéia, visitar Puccini!
    Amei sua idéia. Emocionante...
    Bjs.
    Beth

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi prazeroso Beth. Fiquei imaginando Puccini pequeno, estudando piano, essas coisas.
      Beijos

      Excluir
  3. que delicia....Puccini...é nessas horas que o meu Ipod vale a pena. Aquele bem pequenininho, com as minhas musicas preferidas gravadas.....estou gostando muito de acompanhar a sua viagem. Um privilégio! EYMARD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eymard
      Taí só faltou eu estar com o MP3 e ficar ouvindo algum trecho de Tosca ou Turandot lá do alto da Torrei dei Guinici.
      Abraços

      Excluir
  4. Jorge,
    que passeio delicioso!
    A Piazza del Mercato foi construída sobre as ruínas de um anfiteatro romano, permanecendo assim, a forma ovalada.
    Lucca é mesmo encantadora e sabendo o tanto que gosta de ópera, imagino sua emoção nesse seu encontro com o passado.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana
      Achei isso incrível né. Eles poderiam ter constuído no meio ou de outra forma, mas os prédiso estão lado a lado seguindo o desenho.
      Beijos

      Excluir
  5. Jorge
    O blog do Marcio é muito bom mesmo, encontrei
    você por lá.
    Parece que a chuva andou te perseguindo na Itália,rsrs...
    Outra escadaria, pra mim que tenho medo de altura, só de pensar me dá vertigem, é um problema, e perder essa vista é uma dó...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suely
      Nem me fale da chuva, como já disse em posts anteriores, aprendi a conviver com ela. Subir as Torres é sempre um bom programa, mas cansa e para quem tem pavor de altura é um caos.Mas a vista vale todo o sacrifício.
      Beijos

      Excluir
  6. Que lugar agradável! Ainda não "conhecia", agora fiquei aqui morrendo de vontade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você vai gostar Milena. Lucca é uma jóia!
      Beijos

      Excluir
  7. Também não conheço o lugar e fiquei bem curiosa!
    Adoravel...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então já anote no seu caderninho. Lucca merece a visita!

      Excluir
  8. Oi Jorge!
    Que maravilha! Vou guardar estas suas dicas com carinho, adorei tudo isso. Que emoção, imagino sua satisfação! Adoro ver as cidades do alto, vale a pena subir os degraus que temos pela frente.
    Abração e ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valéria
      Foi uma surpresa e tanto visitar Lucca.
      Beijos

      Excluir
  9. Olá Jorge,
    Adorei o seu relato... O blog está ótimo! Parabéns... Fico feliz que meu blog o ajudou em sua viagem! E agradeço você mencioná-lo...
    Qualquer coisa, estou a disposição!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcio
      Prazer recebê-lo aqui! Seu Blog foi muito útil e citá-lo é uma forma de agradecer as dicas que vc postou.
      Abraços e volte sempre!

      Excluir
  10. Jorge, Lucca tem jeito daqueles lugares que dá vontade ficar eternamente...Todo mundo fala super bem,ao contrario de Pizza...sou louca para conhecer...fazia parte do meu roteiro "abortado", até hotel ja estava reservado...
    Delicia ler o seu relato, da pra ter um gostinho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monica
      Só depois que visitei é que entendi o fato de uma americana que conheci em Roma, ter ficado uma semana na cidade. O roteiro foi abortado, mas nãoe squecido. E vc visitará, com certeza.
      Beijos

      Excluir
  11. Jorge , amei seu blog e a medida que você nos passa seus momentos , vivemos juntos , excelente....parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela sua visita Iedalva! A ideia é fazer o leitro viaar junto mesmo.
      Abraços

      Excluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.