quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Pisa

Com o sol ainda bem fraco deixei Lucca e fui em direção à Pisa. O bilhete de trem custou 3 euros. E a viagem dura uns 30 minutos. Meu coração ainda balançava um pouco. Acho complicado visitar duas cidades no mesmo dia, mesmo quando você tem pouco a fazer. No caso de Pisa, o ponto alto é o conjunto que fica na Piazza del Duomo, composto pela Torre, a Catedral e o Batistério. 


 Gostei desse trem com esses desenhos
A paisagem sempre é interessante e  avistei esse pequeno Castelo escondido na vegetação.
A Estação de Pisa Centrale. Daqui até a Piazza del Duomo leva uns 15 minutos.

 Uma paisagem comum na Toscana, ruas estreitas, prédios baixos.

Do pouco que vi, não gostei muito. Pisa não tem o charme das outras cidades da Toscana.

 Pisa é uma cidade universitária. Na foto acima a Faculdade de Letras.

E a famosa Torre de Pisa. Inclinadíssima. Eu até tentei ajeitar um pouco, como vocês podem ver na foto acima. Quem me deu apoio foi a Aline que conheci no trem. Aline é brasileira e mora em Lucca. Foi até Pisa para levar o filho à fisioterapia e, gentilmente, me ajudou a chegar à Piazza Del Duomo.

A Piazza del Duomo é o grande atrativo da cidade. Não visitei a Catedral nem o Batistério. Já não teria tanto tempo assim.
Pela hora que cheguei, nem pensei que fosse conseguir subir na Torre. Mas, é possível visitar a Torre até às 20h, nos meses de Abril a Setembro. E já que estava lá, por que não subir. O tempo fechou muito. E caiu o maior temporal, justamente na hora em que eu subi 18h30. Paciência.

Confesso que não senti a inclinação quando subi. Achei tudo muito normal. e nem foi tao cansativo. A Torre não é muito alta.

 É bonito de ver a cúpula da Catedral no alto da Torre.

 A cidade sob a chuva.
Singing in the rain - Pisa's version. E apesar de toda a água que me ajudou a lavar a alma, foi muito divertido. Aliás, baixou um "espírito gargalhada" e todos os visitantes riam muito. Vento, chuva, cuidado com as câmeras e todos riam. E se não tem jeito, melhor rir mesmo. A situação seria trágica, se não fosse cômica.

A chuva passou e voltei rápido para a Estação, pois  meu trem para Firenze iria partir  às 19h54. Atrasou um pouco...rs
Vale a pena conhecer Pisa? Essa é uma pergunta difícil de responder. O que eu fiz foi aproveitar e curtir Lucca. Depois fui matar a curiosidade de ver a Torre. E foi só isso. Ir até Pisa para ver a Torre. Da cidade, o que vi não gostei. Mas é até injusto fazer esse comentário, pois não andei o suficiente, não conversei com ninguém e nem provei a comida. Como sou muito detalhista, precisaria passar um dia inteiro para entender um pouco a cidade. Todavia, acho válido conhecer, pois todo mundo quer ver essa Torre.

11 comentários:

  1. Jorge,
    sabe, eu não conheço Pisa! Mas quero sim, dessa vez passear por lá!
    Só espero que não chova...não fico assim, animada como vc!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana
      Eu tive que aprender, nesta viagem, a conviver com a chuva. Tira um pouco do encanto, mas quando vc nota que não está sozinho, passa a curtir. Vc vai gostar de conhecer. A Torre é bonita, talvez se nao fosse inclinada não sei se atrairia tanta gente.
      Beijos

      Excluir
  2. Assim como você só passei por Pisa! Não lembro de nada, só da torre, claro!
    Adorei a última foto, bem no clima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que a maioria das pessoas que vai à Pisa, apenas passam pela cidade. Olham a Torre e seguem para outro destino. Também gostei dessa foto e achei legal publicá-la.

      Excluir
  3. Oi Jorge!
    Também vi muito pouco de Pisa, só o caminho que andei para chegar até este complexo. Visitei a catedral, não subi na torre pois tinha uns horários, grupos de tal e tal hora e o próximo só teria bem a tardinha. Mas, gostei do que vi, é uma arquitetura linda, delicada, parece deslocado, descontextualizado.rsss
    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valéria
      para visitar o Complexo todo eu precisaria de mais tempo. Talvez umas 2 ou 3 horas. E já cheguei lá bem depois das 17h. Eu nem ia subir na Torre, mas como nao estava cheio fui lá conferir.
      Beijos

      Excluir
  4. Jorge
    Acho que valeu a pena, afinal foram só 30 minutos de trem, e você conheceu a tão famosa torre.
    Vendo esses desenhos no trem, lembrei do avião que peguei em Zurique para ir a Genebra, era todo desenhado com vaquinhas, tava mais pra teco-teco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suely
      Valeu sim, mas lamentei não ter visitado o Batistério e a Igreja.
      Um teco-teco suíço não é nada mal hein...rs
      Beijos

      Excluir
  5. Olá Jorge

    Cheguei aqui através do Márcio do "Tôindoparaaitalia", que muito me tem ajudado a preparar a minha viagem para Veneza agora em junho,

    Estou curiosa para ler o resto do seu relato, pois tudo o que li até agora gostei muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bé
      Seja bem-vinda! O blog do Márcio tem ajudado muita gente a organizar a viagem para Itália. Tudo muito bem explicado. Ainda vou fazer uns dois ous três posts sobre a Toscana e logo em seguida começarei a falar de Veneza. Tenho boas dicas e acho que você vai gostar muito.
      Abraços e volte sempre!

      Excluir
  6. Jorge

    Sabe que eu também passei ao largo?
    Uma voltinha pelo Praça dos Milagres sem subida na Torre.
    Chovia muito.
    Revendo Pisa por seus olhos eu acho que devia ter dado um pouco mais de atenção à cidade. Lindas fotos!

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.