quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Erros & Acertos

Vocês sabem que volta e meia apareço com alguma foto das minhas incursões culinárias. Nunca fiz nenhum curso, vejo, leio a receita e tento fazer. Mas, algumas vezes, gosto de inventar. Para ser sincero, sempre invento, tento melhorar as receitas...rs
A foto abaixo, foi uma tentativa de uma Torta de Banana, a partir de uma receita de "Torta da Vovó" que vi num desses sites de receitas. Detalhe: a "Torta da Vovó" era salgada. Se a torta salgada ficou ótima, por que não experimentar uma receita doce apenas modificando alguns ingredientes? Substitui o queijo parmesão por açúcar e no lugar do recheio salgado, bananas , açúcar e canela. E para ser mais criativo, por que não colocar duas bananas para bater junto com leite, ovos, óleo e maisena???

Aqui está o resultado: uma torta dourada bonita...mas com sabor estranho e consistência idem. Não ficou ruim, claro, mas não repetiria a experiência.
Depois do resultado frustrado fiquei com ideia fixa em refazer a torta, porém,  sem bater as bananas com os outros ingredientes.


E parece que dessa vez deu certo. Fiz a massa como indicada: 4 ovos (só usei 3); uma xícara de açúcar (para substituir 100gr de queijo parmesão) 1 xícara de óleo vegetal (só uso 1/2 xícara e dessa vez usei 1 1/2 colher de margarina...mexo em tudo mesmo), 1 xícara de maizena, 1 colher de sobremesa de fermento em pó, 1/2 xícara de leite. Bati por 5 minutos e joguei a massa dentro da forma untada e enfarinhada. Então cortei fatias finas de banana e fui colocando dentro da massa e cobri com açúcar e canela.


Depois de uns 25 minutos em forno 220 graus, eis o resultado! Uma massa leve, embora um pouco seca. Ficou bom, de verdade.


Servida morna fica excelente. Mas já estou pensando em voltar a usar o óleo de milho ou canola, da próxima vez vou acrescentar umas passas, acho que a banana d'água fica melhor. Será que uns pedacinhos de goiabada combinam??? Imaginação é o que não falta.

sábado, 21 de janeiro de 2012

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Um ano depois...

No ano passado quando fui ao Fashion Rio ganhei a plantinha que está na foto abaixo (veja aqui). Eu não sei até hoje o nome dessa planta, mas segui as regras básicas para mantê-la: luz e não deixar ficar sem água.

Como fui duas vezes ao evento, ganhei outra plantinha. Vejam agora, um  ano depois, como elas estão.

Eu acho incrível. Estão bonitas, verdinhas e a cada dia crescem mais.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Saindo da dieta...

Que meus pecados sejam perdoados, mas hoje não resisti e afundei o pé na jaca... Saí cedo para resolver uns assuntos no Centro da Cidade. Já passava de 13hs quando retornei. Com fome e preguiça de preparar qualquer coisa,  não tive outro jeito: passei num fast-food e encarei esse franguinho crocante com batatas fritas. Trouxe para casa e aqui incrementei com uns temperinhos e uns molhos indecentes. Só por hoje....

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Uma Vaca em Praga

Respondendo ao comentário da Adriana Pessoa no post sobre a Cow Parade no Rio, lembrei de uma vaquinha que vi em Praga (República Tcheca) na galeria onde está situado o Hotel Elysee onde me hospedei. Em 2006 quando vi a obra  fotografei, mas a foto ficou péssima. Para ser sincero, achei que estava pagando mico e aproveitei que não tinha ninguém passando para fotografar, mas a foto saiu tremida e deixei pra lá. Porém, como retornei em 2007 eme hospedei no mesmo hotel, mandei o mico às favas e fiz uma foto bem melhor.  A Vaquinha ousada está num cantinho, próximo a um salão de beleza. Se forem à Praga, passem pela galeria que fica na Vaclavske namesti, 43 - uma bela avenida na Cidade Nova. E fica a dica do Hotel Elysee, 4 estrelas com bom preço.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Vacas in Rio

Elas vieram para dar um colorido na paisagem da cidade maravilhosa. Chegaram em novembro e se despediram no finalzinho de dezembro. Eu tentei segui-las pela cidade, mas com a correria do final do ano, só consegui alguns poucos registros. Mesmo assim, não posso deixar passar em branco esse momento divertido na cidade. As fotos foram feitas em Ipanema, no Centro de no metrô do Largo do Machado.

Ipanema
Esta foi a segunda mostra Cow Parade no Rio. Depois do sucesso de 2007 as simpáticas vaquinhas invadiram a cidade. Há quem não goste, há quem adore e há quem não está nem aí. Mas, com tanta coisa chata acontecendo, melhor ter uma vaca no caminho...

Ipanema

 Ipanema
 Ipanema
 Metrô - Largo do Machado
 Candelária
Candelária

A partir de março de 2012 as vaquinhas estarão nas ruas de Goiânia. Quem quiser saber mais, só clicar aqui

domingo, 8 de janeiro de 2012

Índia!


Cariocas e turistas podem conferir até o dia 29 de janeiro, a exposição Índia! em cartaz no CCBB no Centro do Rio de Janeiro. Visitei a exposição em novembro e, por falta de tempo, não havia compartilhado com vocês.
A exposição com patrocínio do Ministério da Cultura e Banco do Brasil, reúne arte contemporânea, antiga e popular, em diversos suportes, constituindo a maior exposição de cultura indiana já realizada no Brasil. Dividida em 4 temas - Povo, Deuses, A formação da Índia Moderna e Arte Contemporânea -,  a mostra traz peças de diversos museus do mundo e do Brasil, além de coleções particulares.

No foyer encontramos esse altar com o deus "Ganesha". Ao fundo um "tuc-tuc" - transporte popular nas ruas da Índia.

Claro que não ia perder a oportunidade de pegar uma carona nesse "tuc-tuc".

 "Ommm"

A Índia é uma das mais antigas civilizações do planeta e é um verdadeiro caldeirão de religiões, costumes e grupos étnicos. O resultado disso tudo é uma sociedade complexa em todos os sentidos.

 Trabalho do artista Ravinder Reddy - "Migrante"
 Escultura em políéster, resina e fibra de vidro, 5,18 m (altura)

 O altar de Ganesha visto a partir do segunda andar

Um novo Kama Sutra?
 
 
 Na verdade, trata-se de um jogo "mire e lance bem"


Aqui um trabalho que é fascinante. Você entra na sala e começa a ver projeções de campos de flores, frutas, cereais etc, ao mesmo tempo a sua imagem é projetada na tela e de repente, fica apenas a sua silhueta, uma vez que o seu corpo integra-se ao que está sendo projetado. 


 Objetos de Arte

 Figurino do personagem Bahuan na novela "Caminho das Índias"

 Divindades

 Teatro de Marionetes

 Gandhi - personagem que dispensa apresentações

A exposição ocupa dois andares do CCBB e é de tirar o fôlego. Pena que a parte dedicada aos deus não pode ser fotografada. São peças muito bonitas e muito ricas, mas que ficam eternizadas na memória. A mostra dá uma boa perspectiva ao visitante de conhecer um pouco da diversidade cultural de um país fascinante.

 O Taj Mahal

E por fim o cinema. Bollywood a maior  indústria de cinema da Índia.

A mostra é mesmo imperdível, portanto vista o seu Sari, pegue o tuc-tuc e vá ao CCBB até 29 de janeiro, smepre de terça até domingo, das 09 às 21hs.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Ecos do Réveillon 2011



A última fez que passei o Réveillon em Copacabana foi em 2001, depois disso abandonei a festa. O motivo? A volta para casa. Engarrafamento, buzina, muita gente e muitas vezes, a chuva. Apesar de tudo, estava com saudades e em 2011 rumei para Copacabana. Como sempre, o jantar na casa de amigos que moram no Posto Seis. Lembro que em alguns anos eu jantava com esses amigos e depois ia ver a queima de fogos na casa da avó de um outro amigo, que morava num mega apartamento na Av. Atlântica. Era ótimo ver a festa dali. Mas também já assisti ao espetáculo dos fogos do Forte de Copacabana, igualmente fantástico.


Porém, 10 anos depois, voltei á Copa e com a chuva deste ano, o jeito foi ficar mesmo no Posto Seis e ver a festa dali. Confesso que não foi a melhor localização. Além desses fogos da foto acima,  o resto foi barulho e fumaça. Mas não atirou minha animação, mesmo com o guarda-chuva na mão. E a volta? Até que não foi traumática, apenas 1h30 de Copacabana até o Flamengo, confortavelmente sentado e com ar condicionado dentro do ônibus 154... Abaixo, um vídeo com um pouco da festa, visão Posto Seis.


E como sempre faço, no dia 1º de janeiro, convidei alguns poucos amigos para brindar o Ano Novo, com Champagne...
 
 ...E "muito" Caviar


Porém, nada é comparável à alegria de estar ao lado de amigos queridos como Márcia e César. Feliz 2012!