quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Peeping Tom - terceira noite do Festival O Boticário na Dança

 
Mais uma noite dedicada à dança, ontem (06/05), fui conferir a apresentação da companhia belga Peeping Tom que se destaca pela dança teatral. A companhia que tem sede em Bruxelas foi fundada no ano 2000 por Gabriela Carrizo e Franck Chartier, responsáveis pela direção artística. Nesta terceira noite do Festival O Boticário na Dança, a expectativa era grande para assistir ao grupo que se apresentou pela primeira vez na América Latina.
A Peeping Tom trouxe o espetáculo 32 rue Vandenbranden, cuja ação acontece sob um céu totalmente aberto, em uma paisagem de montanha e com trailers para abrigo. É a representação de uma pequena comunidade isolada, onde os habitantes são confrontados com a própria solidão.
 
(Peeping Tom - boa técnica, mas não emociona)
 
Não gostei, nem desgostei. Apenas assisti. Já sabia que os espetáculos dessa companhia eram de composição teatral, porém 32 rue Vandenbranden não me emocionou, apesar da excelente técnica dos bailarinos/atores. Valeu como experiência e para ter uma ideia desse tipo de espetáculo de “dança teatral”.
O festival prossegue com apresentação hoje da Mimulus Cia de Dança e do Maribor Ballet, mas vou ficar em casa. Amanhã, dia 08, o festival termina e vou ao Theatro Municipal para assistir as apresentações do Grupo de Rua e da Cia Quasar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.