quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Um Sábado em Gramado

Mais um belo dia na Serra Gaúcha. Sábado com sol e temperatura um pouco mais elevada, devia estar uns 10 graus.
Saí do hotel e fui dar uma volta pelo Centro e, como sempre, observando a paisagem única da região.
Gramado ainda tem casas antigas de madeira - herança dos colonos - como a da foto acima, hoje uma fábrica de bengalas!
As ruas ainda vazias e as árvores sem folhas... visual de inverno. Continuei minha caminhada até à Rodoviária e fiquei aguardando Maria, que veio passar o sábado comigo.
 E lá vem Maria, cheia de entusiasmo para nosso sábado na Serra.
 Não resistimos e caímos nesse panelão de fondue...
Maria tem um ritual em Gramado, chega e passa neste Café para tomar seu expresso e comer um pão de queijo. E colocamos o nosso papo em dia. Afinal, depois de 5 anos de amizade virtual havia muito o que falar...
Não havia uma programação definida, estávamos livres para passear e papear e foi o que fizemos. Entramos em diversas galerias e lojas, fizemos jogo da mega-sena e nos divertimos muito, com nossas histórias e "causos".
Quando vi esta "mochila-coruja", lembrei de duas amigas, ainda virtuais, que conheço do Conexão Paris: Tania e Sueli, mais uma corujinha para vocês.
Terraço de uma loja com artigos de decoração e objetos para casa. Eu de "modelo por um dia"... e esses momentos só vivemos ao lado de amigos que embarcam nas nossas viagens.
E lá fomos nós para a "Mãos do Mundo". Gostei demais dessa loja e decidi voltar para comprar mais caixinhas para minha coleção.
Depois de tanto bater perna fomos almoçar no "Casa di Pietro" um simpático restaurante que fica ao lado da Igreja de São Pedro.
O restaurante oferece um delicioso buffet com saladas frescas, pratos quentes e grelhados. Optei por uma refeição frugal com um mix de folhas e truta, para acompanhar um chardonnay da Miolo. Chama atenção a decoração com diversas imagens e quadros com santos, afinal, é a Casa di Pietro.

Após o almoço continuamos nosso passeio pelas lojas curiosas da cidade, como a Kukos, especializada em ...
Relógios-cuco. São diversos, de todos os tamanhos e para todos os gostos.  
São verdadeiras obras de arte fabricadas na Alemanha e que fazem o maior sucesso aqui. 
E o nosso passeio continua no próximo post, num lugar mágico que conheci há vinte anos atrás...

terça-feira, 30 de julho de 2013

Dia intenso em Gramado e Canela

Céu azul, poucas nuvens e um pouco de frio, pouco mesmo... a sexta-feira (26/07) começou muito bem. Gramado é uma dessas cidades que a gente visita uma vez e sempre tem vontade de voltar. Esta foi a terceira vez nesse cantinho gostoso da Serra Gaúcha. Do hotel até o Centro da cidade não chega a dez minutos de uma caminhada cercada de verde e belas vistas.
 A Vila do Papai Noel, aberta o ano inteiro para alegria das crianças.
 O belo Vale do Quilombo com um visual incrível.
Aqui a imaginação voa longe... lembrei de tantas coisas...
E, de repente, olhem só o que eu vejo! Cadeados no gradil do Vale do Quilombo. Até aqui essa mania pavorosa chegou! Desculpem, mas não gosto. 
 
E logo depois chegava ao Centro de Gramado e logo avistei o Hotel Serra Azul onde fiquei hospedado em 1993 - quanto tempo! 
 O termômetro indicava a temperatura: 8 graus!
 A Igreja de São Pedro, a Catedral de Gramado é um dos atrativos da cidade. Toda em pedra, com belos vitrais, porém simples. Ao entrar ouvimos cantos gregorianos. Vale a visita.
Apesar de já conhecer bem a cidade, decidi fazer um passeio no "Fumacinha" um ônibus que faz um city tour com duração de 1h15 e uma parada de 20 minutos no Lago Negro.
Este lago artificial fica num dos recantos mais gostosos de Gramado, mas que só é possível chegar de carro ou em ônibus de turismo. Claro que pode-se chegar a pé, mas não teria fôlego para tanto... 
E esse é um lugar para ficar um bom tempo... um piquenique, um papo...Mas passei ali só para matar saudades. Logo depois, retornamos ao Centro de Gramado. 
 O Kikito sorridente nos recepciona
 O Palácio do Festival de Cinema - que começa no próximo mês
 E assim é gramado, mesmo no inverno, as flores estão presentes.
Além de ter conhecido pessoalmente a Maria, também tive o prazer de conhecer o Sérgio, amigo da Maria. Almoçamos juntos no Divino, um restaurante excelente.
Canard à l'orange (pato com laranja) acompanhado de batatas ao murro. Gostei muito dessa combinação França+Portugal. Maravilhoso
 E viva a vida!
 Depois do almoço, Sérgio me levou até Canela, cidade vizinha à Gramado.
Entramos num condomínio fechado, onde fica o Hotel Laje de Pedra. Ter uma casa aqui é um privilégio. Lugar calmo, tranquilo, silencioso...perfeito.
 Quem sabe não alugo essa casinha????

No Centro de Canela a imponente Catedral de Nossa Senhora de Lourdes, também conhecida como Catedral de Pedra. 
Próximo à Catedral está a "Mãos do Mundo" loja simpática, com artigos vindos da Indonésia. Muito legal.
Saímos da loja e fomos tomar um café e depois de tanta conversa, chegou o fim do dia. Esta era a vista do Café onde estávamos.
 E a Catedral belíssima e iluminada

Com a noite caindo, retornamos à Gramado, mas no caminho paramos para conferir a Festa Colonial de Canela. Exposição com produtos da indústria local, móveis, roupas, artesanato, além de muita música e dança. Uma típica festa do interior. Eu adoro!

Entrei nessa "casa" e encontrei produtos fantásticos. Tudo produzido no sítio da Beatriz.
Beatriz prepara tudo que é vendido aqui, sucos de uva, embutidos, doces, compotas, geleias.  Tudo muito bom. Comprei um litro de vinho de uva bordeaux, maravilhoso.
Beatriz e sua mãe ou seria sua sogra? Não lembro, preparam tudo juntos. Tudo feito artesanalmente e os preços são incríveis. Vale cada centavo. Promessa feita e cumprida: Beatriz e seus produtos divulgados para o Brasil e o Mundo que lê nosso Blog. 
A festa ficou completa com a apresentação desse grupo de crianças vestidos com roupas típicas gaúchas. Estavam compenetradíssimos e bem animados. Pura tradição!
 E o nosso dia terminou, lá pelas tantas no La Table Alpine, com direito a ...
... fondue de queijo e...

 ...chocolate!