quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

domingo, 12 de janeiro de 2014

A Praça, o almoço e o vesperal

Se a manhã havia sido maravilhosa com a  visita ao Musée Carnavalet, a continuação não seria diferente. Deixei o museu e fui em direçao a uma das praças mais bonitas de Paris: Place des Vosges. Além de linda, é a mais antiga da cidade. Foi construída sob as ordens de Henri IV e inaugurada em 1612. É um programa que não deixo de fazer. Todas as vezes que visito Paris passo na Praça e já estive em todas as estações, inverno, primavera, outono e verão. Talvez seja no inverno que a Praça tenha mais charme. As árvores sem folhas deixam à mostra o belo conjunto de residências da Praça. Tudo fica mais intenso. Por sorte, o sol abril naquele domingo, dia 29 de dezembro de 2013. Nem preciso escrever muito, pois as fotos traduzem a magia desse início de tarde no Marais.

Ficar sentado em um dos bancos da Praça ou nos cafés que ficam nas arcadas é uma das melhores coisas que há. O sol fraco ajudou a aquecer um pouco o frio. só não fiquei mais tempo, para não atrasar o almoço e, consequentemente, o teatro. 

Deixei a Praça e saí em busca de um lugar para almoçar. No Marais, o que não falta é restaurante. São muitos, mas aos domingos todos estão lotados. Em alguns casos é melhor reservar ou ter muita paciência nas filas. Não havia planejado nada e pensei no Les Philosophes (28, rue Vieille du Temple). Foi muita sorte, esperei apenas uns 15 minutos e logo consegui uma mesa. Conheci o Les Philosophes em 2012 e gostei muito. Cozinha honesta e preços justos. Optei pelo menu do dia, para facilitar: sopa de cenoura de entrada, prato quente, ragout com molho de vinho tinto e sobremesa crème brulée.

E fiquei devendo a foto da sobremesa que estava deliciosa e quando notei já estava pela metade..rs
Confesso que ter compromisso com hora marcada complica um pouco, ainda mais à tarde. Terminei o almoço e já era quase 15 hs. O teatro estava marcado para às 16hs. Mas estava perto. O Théâtre du Chatelet estava perto. Bastava sair da Rue Vieille du Temple e seguir direto pela Rue de Rivoli. E lá fui eu, o sol brilhava e Paris era só encantos... Cheguei ao Teatro com uma folga de mais ou menos meia hora. Ahhh, tempo ideal para atravessar a rua e contemplar o Sena...
...os bouquinistes...
A Conciergerie

E admirar esse belo relógio que durante anos estava passando por restauração e agora encanta a todos.

E de tanto encantamento, só restavam 10 minutos para correr e não chegar atrasado para assistir ao musical "My fair Lady".
 
Assim que marco a passagem e defino os dias que vou ficar em Paris vejo a agenda dos espetáculos em cartaz. Sempre que posso assisto ópera, ballet, concerto ou uma peça de teatro. Desta vez os ballets estavam esgotados, a temporada de ópera terminou uma semana antes da minha chegada e, ainda bem que havia este musical para assistir. Para mim, a viagem só fica completa se eu puder assistir algum espetáculo. Gosto de fazer em Paris o que faço no Rio. E vocês sabem, amo teatro!
O mais curioso dessa montagem de My Fair Lady em Paris foi o fato de texto/músicas serem em inglês e com legendas em francês. diferente do musical "Mamma Mia" que assisti em 2010 com versão francesa.
O Théâtre du Châtelet é impressionante, todo estiloso, com boa acústica. ideal para todos os tipos de espetáculos. Eu não sabia, mas neste teatro também sao apresentadas óperas. Mais uma boa opção.
Um elenco primoroso, com belas vozes e ótimos bailarinos. Um espetáculo que fechou com chave de ouro o meu domingo na cidade luz. 
 Não podia faltar essa foto "eu estive aqui!"
Na saída, fico sabendo através dessa placa que Anna Pavlova fez seu primeiro espetáculo em Paris no Théâtre du Châtelet.
A noite estava agradável e retornei a pé para o meu quartier. Que domingo!
Mas, antes de ir para casa, parei na Cidrerie du Marais para comer uma galette... c'est la vie!

6 comentários:

  1. Jorge, mais um texto delicioso!
    No Marais, gusto de almoçar no Ma Borgogne e depois tomar um café no Philosophes...
    Vc sabia que Ana Pavlova danóu no Municipal? E se hospedou no Hotel Gloria...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth
      O Marais tem sempre muito a oferecer não é mesmo? Nao sabia não. Naquela época o TM e o Glória eram só glamour...
      Beijos

      Excluir
  2. "Eita" domingo maravilho!
    Enfim o relógio, né Jorge? Como ele é lindo!
    Dia perfeito, querido. Como você sabe merecer.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sueli
      Quando avistei a Conciergerie pensei logo em você e disse: "ah o relógio que a Sueli fez a foto". Não deu outra. Lindo mesmo.
      Beijos

      Excluir
  3. Fiquei aqui só sonhando... E recordando... Domingo perfeito. Fotos especiais. Como você. Parabéns!

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.