quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Abrindo 2014 com Arte!

Se fechei o ano de 2013 mergulhando na  Arte, o início de 2014 não foi nada  diferente. Acordei cedo e antes das 09h00 já estava na fila do Musée d'Orsay. Para minha surpresa encontrei uma fila com quase 200 pessoas. Acho que todos tiveram a mesma idéia. E essa é a melhor dica que posso passar, chegar antes de o Museu abrir.
Locais e turistas na fila, aguardando o museu abrir.
Meu objetivo era conferir a exposição Masculin/Masculin. L'homme nu dans l'art de 1800 à nos jours (Masculino/Masculino. O homem nu na Arte de 1800 aos nossos dias)

Fotografar era, terminantemente, proibido. E só pude fotografar os cartazes na parte externa. Quando fui fazer a foto da entrada da exposição ouvi um sonoro "pas de photo!"
Como já disse no post anterior, os franceses sabem organizar muito bem uma exposição e esta Masculin/Masculin não foi diferente. Foram reunidas obras de artistas como Rodin, Cézanne, Francis Bacon, David LaChapelle, Pierre et Gilles, Louise Bourgeois e tantos outros, divididas em temas como Tristeza, Força, Esportes, Heróis, etc. O que mais gostei foi ter tido acesso a obras de artistas que não conhecia, como Ron Mueck (artista que trabalha com figuras super realistas) e Edvar Munch. Se pudesse atribuir nota, seria 10. A exposição encerrou no dia 12 e agradeci muito ter começado o ano assistindo uma exposição de alto nível. Ah e a cereja do bolo, de graça. A entrada era gratuita no dia 01 de janeiro. Melhor, impossível!
Saí da exposição em estado de graça e fui rever algumas obras do Musée d'Orsay. Este museu é um dos meus preferidos, principalmente pelo fato de reunir muitas obras impressionistas. Neste museu encontramos obras de Renoir, Manet, Monet, Van Gogh, Alfred Sisley, Cézanne e o meu querido Paul Gauguin.
Esta é uma foto clássica feita em um dos mirantes do Museu. Daqui avistamos toda a nave central e contemplamos sua arquitetura e ficamos encantados com a  beleza do relógio. 

Consegui fazer alguns registros nas galerias, mas é aquela velha história, onde é proibido fotografar nem sempre as fotos ficam boas. Confesso que estou abandonando essa prática. Melhor guardar na mente e curtir o momento.
 O Tocador de Pífaro - Edouard Manet
 Femme à l'ombrelle - Claude Monet

Na sala dedicada à Van Gogh foi um pouco mais fácil fotografar
 E foi assim que comecei 2014, tendo o prazer de ter a companhia da Arte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar este post.
Abraços e volte sempre.