quem escreve

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Carioca, apaixonado pelo Rio de Janeiro, apreciador das artes, das viagens e das pessoas que têm algo a dizer.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Festival de Harpas no Rio

Tenho o maior prazer de fazer a divulgação desse festival aqui no Blog. O RioHarpFestival é  um dos maiores festivais de harpa do mundo e está na sua nona edição.
Harpistas de 25 países em mais de 120 concertos,média de 4 diários, todos gratuitos, serão realizados no Rio de Janeiro de 1 de maio a 1 de junho de 2014 em diversos cartões-postais da cidade como o Corcovado,Ilha Fiscal, Forte de Copacabana, Jockey Club Brasileiro (além do concertos, todos os páreos sendo nominados pelo RioHarpFestival e Musica no Museu), igrejas, Sinagoga, Clubes além dos museus e demais espaços culturais onde se realiza a Série Música no Museu, entre eles o Centro Cultural Banco do Brasil, Museu Histórico Nacional, Centro Cultural da Light, Centro Cultural da Justiça Federal, Teatro SESI e Associação Comercial do Rio de Janeiro. 
Para consultar a programação completa clique aqui.

domingo, 27 de abril de 2014

Dando um Rolé

Em tempos de preços $URREAI$ no Rio de Janeiro, onde comer fora passou a ser um programa de luxo, é muito bom quando descobrimos lugares com ótima relação custo/benefício. E quero apresentar o Rolé, uma casa simpática que está funcionando na Galeria São Luiz no Largo do Machado, Catete. O Rolé já está há mais de um ano na Galeria e, recentemente, a loja foi ampliada oferecendo mais espaço para os clientes. 
Fui conquistado desde o primeiro dia. Atendimento eficiente, funcionários simpáticos, sanduíches, wraps e saladas deliciosos. Tudo muito bem feito. Dificilmente faço este tipo de post, mas acho bom divulgar o que é bom. E deixo bem claro que este post é espontâneo, até porque não conheço os donos e nem estou ganhando nada com isso.

Aproveitei que o salão estava vazio para fazer as fotos, o que é bem raro, pois está sempre cheio. Mas o horário ajudou.

Existem boas opções de wraps e saladas, como já citei, mas o meu imbatível é esse da foto, uma combinação inusitada de mortadela (excelente) com queijo brie. Para acompanhar sempre peço  suco de abacaxi com capim-limão. Uma refeição gostosa, honesta e com preço justo. 

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Dia do Choro

Hoje, 23 de abril é o dia do Choro. Não, nada de derramar lágrimas. Choro é o gênero de música popular, mais conhecido como Chorinho. Quem nunca participou de uma roda de chorinho ou não parou para ouvir um pouco um músico tocando os famosos "Brasileirinho" de Waldir Azevedo ou o mais famoso de todos, "Carinhoso", do Mestre Pixinguinha.
Aproveitando a data, o Trio Choro Novo fará uma Aula show para Crianças no próximo dia 26, sábado, na Cidade das Artes. O Trio apresentará de forma didática um pouco da história desse gênero genuinamente brasileiro, além de tocar alguns dos maiores clássicos. Vale a pena conferir.


Anote
Onde: Cidade das Artes - Barra
Quando: 26/04 - Sábados às 15h00
Quanto: Grátis

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Ron Mueck

Está em cartaz no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro uma exposição que já pode ser incluída na lista das melhores do ano. Estou falando das obras do  escultor  australiano hiper-realista, radicado na Inglaterra, Ron Mueck. Desde o dia 20 de março, cariocas e turistas lotam o Museu para contemplar nove esculturas do artista. 
Logo na chegada encontramos a maior escultura da exposição e a que mais gostei. É impressionante a riqueza dos detalhes do corpo humano. Uma multidão se acotovelava na roda para apreciar a obra do artista. E muitos, muitos preocupados apenas em fazer "selfies"... 
Esse trabalho do artista foi uma das cenas mais bonitas que já vi. Uma senhora ao meu lado disse que "sentia uma certa preocupação no olhar da mulher". Eu achei a cena tranquila, passando a ideia de carinho, apoio, companheirismo... 
Se fosse somente por este trabalho, já teria valido a pena. Porém, mais oito esculturas estavam me esperando. E fui conferir 
  Um frangão 
 Rapaz com cicatriz
 Mulher com criança e compras
Expressão forte e um pouco amargurada.

Mulher com galhos
 Casal de adolescentes. Perfeito

O homem nu e o barco

 Homem na piscina
 Mask II - autoescultura
Mam Rio
 Detalhe de Mask II
Pouco antes de ir embora, uma pessoa da produção apareceu com parte do material usado pelo artista para que as pessoas pudessem tocar e assim sanar a curiosidade. Uma ideia e tanto, até porque vi muitas pessoas querendo tocar as obras.  
www.acabouocaviar.com
Não resisti e também fiz a foto junto à escultura
*****
Anote:
Ron Mueck
Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
De terça a domingo (12 h às 19h)
R$ 14 e Grátis todas as quartas-feiras de 15 às 19h
Até 1 de junho de 2014

terça-feira, 1 de abril de 2014

Mais uma daquelas manhãs inesquecíveis em Paris

Paris, Manhã de Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014
Ainda lembro bem da manhã da primeira sexta-feira deste ano. Aliás, os dias que passei no início de 2014 em Paris foram mesmo inesquecíveis. Deixei o Studio do Marais e fui ao Quartier latin. Não era o destino final, mas quis dar uma volta rápida pelo bairro e dar um abraço nos amigos do Hotel de Suez, onde me hospedei algumas vezes.
Ao invés de seguir direto pelo Boulevard Saint-Michel, optei por fazer outro caminho passando pelas ruelas do outro lado da Place Saint-Michel.
 Ruas estreitas, quase vazias
 E a arquitetura que faz a gente viajar no tempo
Em poucos minutos cheguei ao Hotel de Suez e fui recebido pela Sandrine,a recepcionista mais simpática que existe nesse mundo! Batemos um papo rápido e depois de tomar um espresso fui rever a Sorbonne.

 Montaigne continua tomando conta do pedaço e observando a vida passar...

Deixei o Quartier Latin e segui para o Bon Marché, só para olhar... os preços estavam nas alturas. Mas gostei do espaço e do ambiente, muito mais calmo que as Galerias Lafayette.
O objetivo mesmo era fazer compras na Grade Epicerie de Paris -  uma espécie de Mercado Gourmet. São dois andares dedicados à gastronomia. Um verdadeiro paraíso cheio de delícias e produtos que fazem a alegria dos amantes da cozinha e da boa mesa. 


O Natal já havia passado, mas era possível encontrar esses panettones enormes, vendidos a quilo.
Chouquettes! Uma massa leve e coberta com açúcar. Muito bom no café da manhã.
 Frutas, legumes e verduras ultra mega selecionados!
 Azeites, vinagres
 Flor de Sal...
 Vinhos, vinhos, vinhos...

 Champagnes
 E águas de diversas procedências...
 ... e algumas com preços inacreditáveis
E saí feliz, com alguns temperinhos, mostardas, chás, chocolates, geléias, biscoitos, etc etc...

Anote:
Grande Epicerie de Paris
38, rue de Sèvres